Agricultura e Pecuária

Categorias relacionadas:
Páginas: [<<] 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 ... [>>]

    • Ensaio de sedimentação em àgua utilizada no descascamento/despolpa de frutos do cafeeiro

      Com o objetivo de avaliar a sedimentação e a influência das condições de coagulação/floculação (pH, tipo e concentração do coagulante), que maximizem a remoção de sólidos em suspensão (SS) na água em recirculação no descascamento/despolpa de frutos do cafeeiro (ARDC), foram realizados ensaios em coluna de sedimentação de acrílico, de 100 mm de diâmetro e 1,00 m de altura. Para avaliação do efeito de coagulantes, foram adicionados o sulfato de alumínio e o sulfato férrico, ambos à concentração de 3 g L-1, na faixa de pH de 7 a 8, além de extrato de sementes de moringa, na dose de 10 mL L-1, na faixa de pH de 4 a 5. Amostras da suspensão foram coletadas a cada 0,20 m de altura da coluna líquida. A determinação da concentração de SS foi feita a intervalos de tempos regulares de 20 min, durante 2 h ininterruptas de ensaio. Não foram verificados efeitos do tempo e da profundidade na coluna sobre a remoção de SS na ARDC que não recebeu a adição de coagulantes. Nos ensaios em que houve a adição de coagulantes, a remoção de SS da ARDC aumentou com a profundidade e o tempo de decantação na ARDC, mediante a adição de sulfato de alumínio, sulfato férrico e extrato de sementes de moringa. Este último foi o coagulante mais eficiente na remoção de SS, em toda profundidade amostrada da coluna de sedimentação. Águas residuárias, coagulação, floculação, reúso de água.

      (Adicionado: 2ªf Out 01 2007 | Visitas: 156 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Productividade e concentração de nutrientes e metais pesados em milho adubado com doses crescentes d

      Com a realização deste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito da aplicação do lodo de esgoto doméstico caleado em plantas de milho e estimar um método para dosar a quantidade a ser aplicada, como fertilizante, para esta cultura. A quantidade de cal hidratada, utilizada para higienização, foi de 75 kg Mg-1 de lodo seco ao ar. Plantas de milho foram cultivadas em vasos de 5 L, em casa de vegetação, tendo sido avaliados os efeitos proporcionados pelas seguintes doses de aplicação: 0 (T1), 1 (T2), 2 (T3), 3 (T4), 4 (T5) e 5 (T6) vezes a quantidade de N recomendada para o cultivo do milho, sendo o lodo caleado a única fonte de adubação. A maior produção de matéria seca em plantas de milho ocorreu no tratamento, em que foi aplicada uma quantidade de N duas vezes maior que a necessidade da cultura (T3). Houve tendência de aumento nas concentrações de Ca, Mg, K, Na, Zn, Cu, Cr, Ni, Fe e V na parte aérea das plantas de milho, com a aplicação de lodo caleado no solo dos vasos, porém, as concentrações de N e P atingiram um máximo nas doses intermediárias. Os metais Cd e Pb não foram detectados. Os resultados, obtidos em casa de vegetação, indicam que para estabelecer as doses de lodo caleado para cultivo agrícola deve-se levar em consideração o cálculo da quantidade de lodo necessária para corrigir a acidez do solo, bem como o cálculo da dose de N, que deve ser no máximo duas vezes a requerida pela cultura, adotando-se a menor dose calculada. Lodo de esgoto, adubação orgânica, disposição no solo.

      (Adicionado: 2ªf Out 01 2007 | Visitas: 148 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Rotação do motor de um trator em operação com roçãdoras na cultura do cafeeiro

      Este trabalho teve como objetivo demonstrar a aplicabilidade de um sistema automático de aquisição de dados na gestão de informações operacionais, relacionadas ao desempenho de motor em operações agrícolas. Neste caso, focou-se o uso de roçadoras para controle mecânico de mato em área implantada com a cultura do cafeeiro. O sistema foi concebido para determinar a posição do conjunto trator-roçadora, por meio de sistema de posicionamento global (GPS), juntamente com aquisição de dados da rotação do motor. Os trabalhos foram realizados em área pertencente ao Instituto Agronômico de Campinas – IAC, sendo utilizados um trator MF e uma roçadora marca Baldan modelo RP 1700. O trator trabalhou, dependendo do estado de desenvolvimento da vegetação, em segunda ou terceira marcha reduzida, numa velocidade média de deslocamento de 4,72 km h-1. Após operação, os registros foram processados, sendo obtidos os seguintes valores: rotação média do motor de 1719,92 + 192,75 min-1, com valor mínimo de 847 min-1 e máximo de 1876 min-1. O mapeamento dos dados permitiu a espacialização de 18,6% de dados com valores até 1752 min-1; 62,54% dos dados de valores cuja rotação variou entre 1752 e 1781 min-1; 16,68% dos dados entre 1781 a 1811 min-1 e 2,17% de dados maiores que 1811 min-1. Concluiu-se que o sistema foi eficiente, demonstrando sua aplicabilidade como ferramenta de automação para gestão administrativa, em operações mecanizadas com roçadoras. Mecanização, automação, aquisição de dados.

      (Adicionado: 2ªf Out 01 2007 | Visitas: 150 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Análise do potencial de parãmetros espectro-temporais de imagens orbitais para mapeamento de product

      O conhecimento da variabilidade espacial da produtividade de um talhão agrícola é uma das informaçôes mais importantes em sistemas de gerenciamento da produção que utilizam Agricultura de Precisão (AP). Porém, as técnicas convencionais para a obtenção dessa variabilidade não têm demonstrado serem satisfactórias, principalmente para grandes propiedades. Dentre as diferentes alternativas, o Sensoriamento Remoto (SR) tem se mostrado como uma das técnicas mais promissoras, porém ainda carente de desenvolvimento. Desta forma, este trabalho teve como objetivo explorar o potencial de imagens multiespectrais orbitais de média resolução espacial visando a obtenção de mapas de variabilidade de produtividade de cana. Para tanto, utilizou-se duas metodologias, a análise de regressão entre o mapa de productividade e as bandas espectrais do Landsat, e uma metodologia que leva em consideração o Controle Estatíco de Processos. Com os resultados da análise de regressão observou-se baixas correlaçôes entre as bandas espectrais e a productividade. Porém, na análise do Controle Estatístico de Processos foram observados resultados melhores na comparação das informaçôes. Este resultado demonstra o potencial desta metodologia em processos de manejo e tomada de decisão em Agricultura de Precisão. Controle estatístico de processo, agricultura de precisão, sensoriamento remoto.

      (Adicionado: 6ªf Set 28 2007 | Visitas: 148 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Avaliação de protótipos de semeadoras de covas para semeadura direta

      São apresentados resultados da avaliação do desempenho de três protótipos de semeadoras rotativas de covas para semeadura direta de milho, com diferentes configuraçôes e mecanismos dosadores. Os protótipos têm origens distintas e foram obtidos de trabalhos anteriores. Foram avaliados em laboratório e em campo, em três áreas diferentes, submetidos à velocidades de 1,5; 2,0 e 2,5 m.s-1. Os resultados mostraram que em laboratório e em campo independente da área, a Mq1 obteve o melhor desempenho na velocidade 2,0 m.s-1. Nas Mq2 e Mq3, apesar de apresentarem configuraçôes semelhantes, a diferença no mecanismo dosador foi decisiva no desempenho, sobretudo para a Mq3 que só atingiu o melhor desempenho na velocidade 1,5 m.s-1. Semeadora de cova, Precisão, Semeadura direta.

      (Adicionado: 6ªf Set 28 2007 | Visitas: 145 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Integração docente-assistencial entre um curso de enfermagem e um hospital de ensino: concepção do p

      Continuam catastróficas as condições de vida da classe trabalhadora no mundo. No Brasil, os ânimos já crescentemente arrefecidos, nos revelam as fissuras e a verdadeira cara da composição política que sustenta o “jogo” de cena do planalto comandado pelo Partido dos Trabalhadores (PT) e seus aliados, que não é coerente com o profundo desejo de mudanças sociais. No mais, esse desejo de mudanças é incompatível com a continuidade da política econômica neoliberal, com a proposta de independência do Banco Central, mediante as mudanças anunciadas no artigo 192 da Constituição, com tratamento indiferenciado da Reforma Agrária e com a reforma da previdência social defendida pelo novo governo.

      (Adicionado: 6ªf Set 28 2007 | Visitas: 153 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Programa computacional para estimativa da erosividade da chuva no estado de São Paulo utilizando red

      A estimativa do fator erosividade da chuva (R) da Equação Universal de Perda de Solo é importante para o planejamento conservacionista de uso e manejo do solo. Uma rede neural artificial (RNA) foi desenvolvida pelo Grupo de Pesquisas em Recursos Hídricos, a fim de estimar o valor de R para qualquer localidade do Estado de São Paulo. Contudo, para facilitar o seu uso e permitir sua utilização por técnicos e extensionistas, é necessário o desenvolvimento de um programa computacional, com interface amigável, para sua manipulação. Dessa forma, o presente trabalho teve por objetivo desenvolver um programa computacional, que viabilizasse a aplicação da RNA. A arquitetura, as funções de ativação dos neurônios artificiais e os parâmetros livres foram definidos para gerar a função matemática que representasse a RNA. De posse da função matemática, esta foi implementada, juntamente com uma interface gráfica, utilizando-se a ferramenta de programação Borland Delphi© 7.0. O programa computacional desenvolvido foi denominado netErosividade SP e permite, de forma fácil e rápida, a obtenção do valor da erosividade da chuva para qualquer localidade do Estado de São Paulo, estando disponível para cópia gratuita no endereço eletrônico http://www.ufv.br/dea/gprh/neterosividade. NetErosividade SP, conservação do solo, equação universal de perda de solo.

      (Adicionado: 6ªf Set 28 2007 | Visitas: 148 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Qualidade de bebida de grãos de café processados com àgua sob recirculação e tratamento físico-quími

      Com a realização deste trabalho, objetivou-se avaliar o efeito do uso de diferentes coagulantes na contaminação fúngica dos grãos e na qualidade da bebida do café, sob diferentes condições de tratamento da água usada, em recirculação, no processo de descascamento/despolpa dos frutos do cafeeiro (ARDC). A avaliação dos efeitos dos tratamentos da água, utilizada em até cinco recirculações, baseou-se na identificação e quantificação da intensidade de contaminação fúngica e qualidade de bebida proporcionada em amostras de grãos de café, processados com a ARDC, com três repetições para cada tratamento (tipo de coagulante adicionado à ARDC e número de recirculações da água). Com base nos resultados, conclui-se que a adição de coagulantes na ARDC proporcionou diminuição na contaminação fúngica, na superfície dos grãos processados e que o coagulante sulfato de alumínio proporcionou efeito fungicida no grão. Entretanto, a adição e o tipo de coagulante utilizado no tratamento da ARDC, em escala laboratorial, não proporcionaram diferenças significativas na qualidade de bebida de grãos de café. Processamento do café, contaminação fúngica, coagulantes, qualidade de grãos.

      (Adicionado: 6ªf Set 28 2007 | Visitas: 143 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Importaçôes brasileiras de leite: Impactos micro e macroeconômicos

      Nos anos 1990 houve mudanças significativas no setor agroindustrial do leite no Brasil. Dentre elas destacamse: a desregulamentação do rigoroso controle estatal após 46 anos (1945-1991); o lançamento de novos produtos; a entrada de multinacionais; a criação do Mercosul e a abertura comercial generalizada. O comércio mundial de lácteos tem a participação de poucos países, sendo os principais importadores e exportadores os países membros da OCDE. Países como o Brasil e a Índia possuem parcelas pouco expressivas do volume de comércio. O objetivo geral da pesquisa é analisar os fatores que têm influenciado as importações de lácteos pelo Brasil no período de 1991 a 2003. A metodologia empregada para medir os impactos sobre as importações de leite de variáveis micro e macroeconômicas foi a de séries temporais. Incorporou-se uma análise gráfica a partir do diagrama back to back. Utilizou-se a equação de excesso de demanda para definir a demanda por importação de leite. Séries temporais, diagrama “back to back”, taxa de câmbio, importação, leite.

      (Adicionado: 5ªf Set 27 2007 | Visitas: 151 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Composição corporal e exigências nutricionais de magnésio, potàssio e sódio de cordeiros Santa Inês

      O trabalho foi realizado no Setor de Ovinocultura da Universidade Federal de Lavras, objetivando determinar a composição corporal e estimar as exigências de magnésio, potássio e sódio, para ganho em peso de cordeiros Santa Inês. Foram utilizados 18 cordeiros inteiros com peso vivo inicial de 25 kg. Para determinação das quantidades dos minerais retidos no corpo dos animais, foi utilizada a técnica do abate comparativo, sendo seis animais sacrificados no início do experimento. Os doze animais remanescentes foram divididos em dois grupos: seis animais receberam alimentação ad libitum e seis animais, alimentação restrita (mantença + 20%). A composição corporal foi estimada por meio de equações de predição, obtidas pela regressão do logaritmo da quantidade dos minerais presentes no corpo vazio dos animais, em função do peso corporal vazio. As exigências líquidas para o ganho em peso foram estimadas com base na derivação das equações de predição da composição corporal em diferentes pesos. A estimativa da composição corporal por quilo de peso corporal vazio para animais com 25 e 35 kg de PV foram: 0,561 e 0,517 g de Mg; 2,762 e 2,570 g de K; 1,039 e 0,923 g de Na; as exigências líquidas por quilo de ganho de peso vivo foram, : 0,390 e 0,360 g de Mg; 2,00 e 1,86 g de K; 0,630 e 0,560 g de Na, respectivamente. Composição corporal, magnésio, ovinos, potássio, requerimentos, Santa Inês, sódio.

      (Adicionado: 4ªf Set 26 2007 | Visitas: 134 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Crescimento inicial do café conilon (Coffea canephora Pierre ex Froehner) sob diferentes lâminas de

      O experimento foi conduzido em casa de vegetação, no Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Espírito Santo, com o objetivo de avaliar a influência de diferentes lâminas de irrigação na produção de matéria fresca e seca da raiz e parte aérea e área foliar do café conilon, no início de seu crescimento. Os tratamentos foram distribuídos em parcelas subdivididas, sendo 5 níveis de lâminas de irrigação nas parcelas (20%, 40%, 60%, 80% e 100% da lâmina evaporada do tanque “Classe A”) e nas subparcelas os 5 níveis de tempo (1, 45, 90, 135 e 180 dias após o início do experimento), em delineamento inteiramente casualizado, com 4 repetições. Concluiu-se que, nos tratamentos irrigados com as lâminas de 80 e 100% da ECA, as plantas apresentaram maiores valores de área foliar, matéria fresca e seca da raiz e parte aérea. Lâminas de irrigação, café, tanque “Classe A”.

      (Adicionado: 4ªf Set 26 2007 | Visitas: 132 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Custos da secagem de café usando-se lenha e carvão vegetal

      Determinou-se o custo de secagem de café, em dois secadores rotativos (comercial e modificado). Para o aquecimento do ar de secagem no secador rotativo comercial, queimou-se lenha numa fornalha com fogo indireto, enquanto no secador rotativo modificado o ar foi aquecido, queimando-se carvão vegetal numa fornalha com fogo direto. O teor de água inicial do café foi de 36±4 % b.u.. Quando se utilizou o carvão vegetal para aquecimento do ar de secagem, o custo total foi de R$12,57 por saca de 60 quilos de café seco, sendo que quando se usou lenha, o custo foi de R$ 12,53 por saca. Ao considerar somente o consumo horário de combustível, na secagem realizada no secador rotativo modificado, aquecimento com carvão vegetal, o custo foi de R$ 4,20 por saca. Por outro lado, na secagem realizada no secador rotativo comercial, usando-se lenha, a operação teve um custo de R$ 1,52 por saca de café seco. Concluiu-se que, ao aquecer o ar com carvão, considerando-se somente o consumo de combustível, o custo aumenta 176 % em comparação com a operação realizada com lenha. Quando se consideram todos os custos (fixo e variável), estes tornamse praticamente iguais. A qualidade final do produto seco e beneficiado foi a mesma, nos dois sistemas estudados. Café, custo de secagem, combustível.

      (Adicionado: 4ªf Set 26 2007 | Visitas: 132 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Desempenho de distribuidora a lanço com doses variavéis de uréia

      Este trabalho teve por objetivo desenvolver e adaptar procedimientos para avaliar o desempenho de uma adubadora a lanço com recursos para aplicação de doses variadas. Avaliou-se a qualidade da sua distribuição na faixa transversal em função da alteração da dosagem, bem como o tempo de resposta às alteraçôes. A máquina apresenta regulagens para larguras nominais prédeterminadas. Na largura nominal de 24 m, a alteração da dose não afetou o coeficiente de variação da distribuição transversal, estando abaixo do limite estabelecido de 15%. A largura nominal de 21 m não obteve regularidade suficiente e com 18 m a máquina pode ser utilizada com ressalvas. O tempo máximo de resposta a variaçôes nas dosagens de 50 para 100 e de 50 para 150 kg.ha-1 variou de 3,2 s no aumento da dose e 6,0 s na sua diminuição. Agricultura de precisão, aplicação a lanço, aplicação em doses variadas.

      (Adicionado: 4ªf Set 26 2007 | Visitas: 123 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Desenvolvimento de uma planilha electrônica para a determinação da potência disponível na barra de t

      Neste trabalho, desenvolveu-se uma planilha eletrônica, implementada a partir de um algoritmo desenvolvido em Visual Basic, para determinação da potência disponível na barra de tração. Adotou-se um procedimento que permite determinar da força de tração, velocidade, potência disponível na barra de tração, consumo horário, consumo específico, patinagem e coeficiente de tração do trator ensaiado. Possibilita, ainda, o cálculo da potência disponível na barra de tração, considerando regra baseada no “Fator 0,86”, proposta por Wendel Bowers, equação de rendimento de tração e a norma ASAE D497 – 4. Essa planilha pode ser considerada como uma ferramenta eficiente e rápida para análises relativas à potência disponível na barra de tração de um trator. Ensaio, tratores, simulação.

      (Adicionado: 4ªf Set 26 2007 | Visitas: 192 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Efeito da umidade e da carga aplicada pela roda compactadora na emergência da soja

      Este trabalho teve como objetivo estudar os efeitos da combinação entre teores de água do solo e cargas aplicadas pela roda compactadora da semeadora adubadora sobre o índice de velocidade de emergência de plântulas de soja, em sistema de plantio direto. Utilizou-se o esquema de parcelas subdivididas, em que as parcelas constituíram os três teores de água do solo (U1, U2 e U3), correspondentes a 0,27; 0,31 e 0,36 kg kg-1, respectivamente, e as subparcelas os quatro níveis de carga aplicada pela roda compactadora (C1, C2, C3 e C4), correspondentes a 0, 50, 90 e 140 N, respectivamente, no delineamento em blocos ao acaso, com quatro repetições. A velocidade de emergência das plântulas de soja foi afetada pelas cargas aplicadas e pelos teores de água do solo; A carga máxima de 140 N aplicada pela roda compactadora sobre a semente causou encrostamento superficial do solo, retardando a emergência das plântulas. Compactação sobre a semente; plantio direto; germinação.

      (Adicionado: 4ªf Set 26 2007 | Visitas: 139 | Colocação: 10.00 | Votos: 1) Avaliar
15 Anteriores Próximos 15