Computação

 
Internet (42) +
Páginas: [<<] 1 2 3 4 5 6 7 [>>]

    • GridView (Parte I)

      Visual Studio .NET 2005. Nf nboeb f-nbjm dpn p bttvoup hboifj p mjxsp. Código Behing. Mostrarei como desenvolver e usar esse grande componente do Visual Studio.NET 2005 chamado GridView. Voltando um pouco a história, no ASP 3.0 nenhum componente existia antes para melhorar o nível de codificação ou a velocidade de desenvolvimento, já no Visual Studio.NET 2003 surgiu um componente chamado DataGrid que revolucionou o mercado dos desenvolvedores.

      (Adicionado: 4ªf Jan 17 2007 | Visitas: 159 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • GridView (Parte III)

      Mostrarei nessa parte III do artigo como deletar dados usando o novo componente da IDE 2005 da Microsoft chamado GridView. Visual Studio .NET 2005. Método RowDeleting.

      (Adicionado: 4ªf Jan 17 2007 | Visitas: 147 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Criando HELP

      Visual Studio.Net 2003 usando NDOC. Olá pessoal, meu nome é Mauricio Junior e estou disposto a publicar este artigo para ajudar todos os desenvolvedores que trabalha em equipe, fabrica de software ou mesmo distribui o código fonte. Hoje em dia, desenvolvo vários tipos de frameworks para empresas particulares e públicas que desejam uma documentação ou mesmo um help para ajudar a outros desenvolvedores quando ocorrer alguma alteração. Essa idéia de documentar os códigos que desenvolvo é um costume muito bom para que depois de muito tempo o mesmo código possa estar sendo usado ou alterado por outra pessoa que nem mesmo participou do projeto no começo do desenvolvimento.

      (Adicionado: 2ªf Jan 15 2007 | Visitas: 163 | Colocação: 1.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Dispositivos e distribucoes no Linux

      O que são dispositivos?. Montando os dispositivos. Comentários das distribuições Linux. Um dispositivo é todo o componente de hardware, e do sistema operacional. Um dispositivo é "algo especial" que é compartilhado com o Kernel, ou seja, um exemplo de dispositivo são as impressoras, CD-ROMs, modems, portas, mouse, HDs, etc. No Linux, os dispositivos físicos são tratados como arquivos. Estes arquivos são um tipo especial no sistema de arquivos e se encontram no diretório /dev. Se você der um ls neste diretório, verá que existe um pouquínho de arquivos. Cada arquivo neste diretório corresponderá a um dispositivo de acordo com o seu tipo...

      (Adicionado: 2ªf Jan 15 2007 | Visitas: 162 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • APT no RedHat/Fedora

      Que é o APT?. Instalando o APT no RedHat ou Fedora. Utilizando o APT. Montando um repositório local do APT/RedHat. O APT (Advanced Package Tool, ou Ferramenta de Pacotes Avançada) é uma ferramenta que gerencia de uma maneira muito intuitiva os pacotes de programas no Linux. O APT foi originalmente criado para funcionar junto com dpkg, do Debian, mas ele foi portado pela Conectiva para funcionar com o sistema de pacotes RPM, criado pela RedHat. O APT resolve os conflitos e dependências de pacotes de uma maneira muito fácil e automática. Além disso ela é uma ótima ferramenta para a atualização do sistema através da Internet, instalação de programas adicionais, entre outros. Neste tutorial irei ensinar como instalar e usar o APT em sistemas RedHat ou Fedora, mas com algumas adaptações, os métodos descritos aqui podem ser feitos em outras distribuições que utilizam o RPM. No caso do Debian, nada precisa ser feito pois o sistema já vem com o APT por padrão...

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 162 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Comandos no Linux

      Comandos para manipulação de arquivos. Comandos sobre processos do sistema. Comandos de pacotes (instalação/desinstalação/consulta). Outros tipos de comandos. A primeira coisa que sempre vem em mente no uso de um sistema operacional é como lidar com os arquivos dentro dele... Nesta seção eu vou mostrar alguns comandos básicos para mexer com os arquivos...

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 163 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Como fazer VCD

      VCD (Abreviação para Video-CD) é um ótimo método para você colocar vídeo e áudio em CDs e poder tocar em aparelhos como DVD. Alguns tocadores de DVDs mais atuais estão suportando o formato Div-X, mas como isso não é muito comum, o pessoal ainda fica no VCD, que é suportado pela maioria dos aparelhos. Neste tutorial você vai poder aprender como fazer VCD com qualquer vídeo você tenha em Div-X.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 169 | Colocação: 2.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Configurando O Lilo

      O LILO é um dos mais importantes softwares do Linux, é ele quem carrega o kernel no seu sistema para começar a funcionar! Entender a configuração dele é muito importante, principalmente para quem tem muitos sistemas numa mesma máquina. Com o LILO, é possível gerenciar partições e assim bootar em diferentes sistemas operacionais. É com ele que fica possível colocar por exemplo, o Windows e o Linux na mesma máquina. O arquivo de configuração do LILO é o /etc/lilo.conf. É editando ele que você vai poder configurar o LILO conforme as suas necessidades. Um arquivo comum para uma máquina que possui dois sistemas (Linux e Windows) segue no exemplo...

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 164 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Dispositivos e distribucoes no Linux

      Um dispositivo é todo o componente de hardware, e do sistema operacional. Um dispositivo é ""algo especial"" que é compartilhado com o Kernel, ou seja, um exemplo de dispositivo são as impressoras, CD-ROMs, modems, portas, mouse, HDs, etc. No Linux, os dispositivos físicos são tratados como arquivos. Estes arquivos são um tipo especial no sistema de arquivos e se encontram no diretório /dev. Se você der um ls neste diretório, verá que existe um pouquínho de arquivos (Bota pouquinho nisso :)). Cada arquivo neste diretório corresponderá a um dispositivo de acordo com o seu tipo. Se você usava DOS/Windows antes, você acessava o drive C:, lembra? No Linux não existe isso! Vai ser um dispositivo no lugar... Você vai usar isso o tempo todo, porque você vai mexer com mouse, com impressora, IDE's, SCSI's, etc. Então aqui vai alguns arquivos do /dev e seus respectivos dispositivos.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 160 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Gerando relatorios do Squid com o SARG

      O SARG (Squid Analysis Report Generator) é uma ferramenta muito boa desenvolvida por um brasileiro que permite à você ver para "onde" seus usuários estão indo na Internet através da análise do arquivo de log "access.log" do famoso proxy Squid. O poder da ferramenta é incrível, ele pode dizer para você quais usuários acessaram quais sites, em que horas, quantos bytes foram baixados, quantas conexões foram feitas, relatórios de sites mais acessados, usuários que mais acessam, relatório de sites negados, falha de autenticação, entre outros. A gerência que você pode obter com isso é muito boa, principalmente para as empresas que querem economizar o uso da Internet.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 154 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Introducao ao Linux

      Esta é uma pergunta feita por muita gente, e há muitas respostas para ela. Linux é um sistema operacional, como os *BSD (FreeBSD, NetBSD e outros), OS/2, Windows, MacOS, BeOS, etc. O sistema operacional é o que permite o usuário usar o computador. O criador do Linux se chama Linus Torvalds. Com o nome que o autor tem, já dá pra tirar uma conclusão daonde é originado o nome "Linux"... Como o Linux é beaseado (ideologicamente falando) no Unix, ele juntou o seu nome (Linus) com Unix, e deu Linux.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 153 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Legendando vídeo

      Como sempre tem gente interessada em aprender a criar as legendas para o tanto de Animes que tem por aí, resolvi criar um tutorial para ajudar no aprendizado de quem está iniciando. O programa que usaremos aqui para criar o script das legendas é o Sub Station Alpha, que é o mais usado por todo mundo. Existem outros programas como o BakaSub (pra Linux), mas ensinarei aqui apenas como mexer com o Sub Station Alpha. Depois do script criado usaremos o VirtualDub para aplicar as legendas no vídeo e produzir o Anime traduzido. Antes de mais nada, você vai precisar destes dois programas, não? Você também precisará de um plugin adicional para aplicar o script das legendas no VirtualDub.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 153 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Montando estadísticas Webalizar instalando Webmin

      O Webalizer é uma poderosa ferramenta escrita em C que analisa os logs do seu servidor de páginas Apache e gera páginas de estatísticas completa, incluindo os correspondetes gráficos. Por ser escrita em C, possui uma velocidade fantástica, analisando milhares de linhas de log em segundos. Retirado do seu site: "Em uma máquina Pentium 200, mais de 10 mil linhas podem ser processadas em 1 segundo, e um arquivo de 40MB sendo alisado em 15 segundos (mais de 150.000 linhas)." Então dá para perceber que ele é bem rápido né?

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 155 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Montando um servidor de E-Mail com o qmail

      O qmail é um poderoso servidor de e-mail, leve e muito rápido, que foi desenvolvido com o intuito de ser totalmente seguro. Desde sua última versão estável (1.03), o qmail nunca teve nenhum bug comprometedor conhecido. Isso nos faz pensar que ele é muito bom para o uso em produção, inclusive porque além de ele ser muito estável, é flexível o bastante para aguentar um tráfego de e-mails muito grande.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 153 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Programando em Shell-Script

      Quem usa Linux conhece bem o prompt de comando sh, ou variações como o bash. O ue muita gente não sabe é que o sh ou o bash têm uma "poderosa" linguagem de script embutido nelas mesmas. Diversas pessoas utilizam-se desta linguagem para facilitar a realização de inúmeras tarefas administrativas no Linux, ou até mesmo criar seus próprios programinhas. Patrick Volkerding, criador da distribuição Slackware, utiliza esta linguagem para toda a instalação e configuração de sua distribuição. Você poderá criar scripts para automar as tarefas diárias de um servidor, para efetuar backup automático regularmente, procurar textos, criar formatações, e muito mais. Para você ver como esta linguagem pode ser útil, vamos ver alguns passos introdutórios sobre ela. Interpretadores de comandos são programas feitos para intermediar o usuário e seu sistema. Através destes interpretadores, o usuário manda um comando, e o interpretador o executa no sistema. Eles são a "Shell" do sistema Linux. Usaremos o interpretador de comandos bash, por ser mais "extenso" que o sh, e para que haja uma melhor compreensão das informações obtidas aqui, é bom ter uma base sobre o conceito de lógica de programação.

      (Adicionado: 4ªf Jan 10 2007 | Visitas: 156 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
15 Anteriores Próximos 15