Ecologia

Categorias relacionadas:
Páginas: 1 2 3 4 5 [>>]

    • Geoquímica das águas superficiais e subterrâneas da república de Angola (nuevo) 

      O Ministério da Energia e Águas (MINEA), através da sua Direcção Nacional de Águas (DNA) tem vindo a construir em diferentes áreas rurais de algumas Províncias do País, furos para captação de água subterrânea com o propósito de abastecer de água de boa e razoável qualidade às populações que aí vivem. Para tal, requer não só conhecer a sanidade da água a fornecer, mas também a sua qualidade, para que a mesma seja segura para o consumo humano e cumpra com as normas estabelecidas pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e/ou pelo Decreto-Lei n.o 261/2011, da República de Angola. Na DNA, esse pressuposto/recomendação é monitorado pelo Departamento de Controlo da Qualidade e Ambiente. Os processos químicos e físicos são regidos por leis termodinâmicas (1) Num dado momento da sua trajectória, a composição química da água é o resultado de interacções mais ou menos prolongadas dos fluxos drenados no meio ambiente.

      (Adicionado: 4ªf Dez 30 2015 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Poluição luminosa no parque do Ibirapuera (nuevo) 

      O presente projeto cujo tema foi o estudo da poluição luminosa no Parque do Ibirapuera teve por objetivo identificar os pontos de poluição luminosa dentro do Parque. À metodologia adotada na elaboração da presente pesquisa foi um estudo de campo. Entre os principais resultados obtidos durante o desenvolvimento desta monografia citam-se: a existência de uma poluição luminosa dentro do Parque, inclusive alterando o ciclo natural das árvores, arbustos e animais noturnos que habitam o Parque do Ibirapuera e a falsa segurança que o sistema de iluminação do Parque proporciona aos frequentadores. Conclui-se que o sistema de iluminação do parque não oferece um conforto de segurança a todos os seus usuários e poder vir a interferir nos hábitos da fauna e da flora local. A poluição luminosa no parque não pode ser extinta, mas sim minimizada.

      (Adicionado: 4ªf Dez 30 2015 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Crescimento de uma indústria moveleira juntamente com o desenvolvimento do seu município e adequaçõe

      Descobrir a questão ambiental partindo do foco da Marel Industria de Móveis inserida na breve história da cidade de sua fundação Francisco Beltrão-PR, partindo deste ponto encontrar nessa história as primeiras informações necessárias para obter um primeiro conhecimento da questão ambiental, focando nas necessidades da conscientização ambiental, enquanto pesquisando as problemáticas já acusadas, saindo do foco das leis para apurar outros caminhos da questão ambiental. As problemáticas apuradas pela educação ambiental trazem alguns pontos da historicidade e como esses influenciam a uma visão formada ao longo do tempo que caracteriza o pensamento moderno em relação a natureza, tornando o homem em muitas vezes como sujeito observador ou aproveitador desses recursos, sem uma consciência de conhecimento das causas. A sugestão da formação do sujeito para uma relação melhor e necessária com a natureza, partindo da analise histórica de cada sujeito como da cultura que ele pertence. Aqui citado alguns pontos históricos que determinaram certas visões limitadas da relação homem x natureza, e as alternativas orientadas pela educação ambiental trazida para nosso dia a dia. Como podemos nos orientar e ser sujeitos ativos nessa causa, buscando uma ética ambiental que atinja a todos os campos da sociedade, não limitando a uma um órgão em especifico mas buscando atingir do sujeito em comum ao sujeito de poder publico. O trabalho prioriza a uma informação que permite os primeiros passos para o estudo de um iniciante da defesa do meio ambiente , assim como pode agregar a quem já tenha um conhecimento apurado. Traz texto satisfatório para refletir a ação em individual de cada sujeito.

      (Adicionado: 3ªf Fev 10 2015 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Educação e meio ambiente

      A educação ambiental é a acção educativa permanente pela qual a comunidade educativa tem a tomada de consciência de sua realidade global, todo o tipo relações que os homens estabelecem entre si e com a natureza dos problemas derivados das relações e suas causas profundas. Ela desenvolve, mediante uma mediante uma prática que vincula o educando com a comunidade valores e atitudes que promovem um comportamento dirigido para transformação superadora dessa realidade tanto em seus aspectos naturais como sócias, desenvolvendo no educando as habilidades e atitudes necessárias para essa transformação. A educação ambiental é uma novidade da educação, já praticadas o por alguns países, foi proposta em 1999 no Brasil, tem o objectivo de disseminar o conhecimento sobre o ambiente. Sua principal função é conscientizar a preservação do meio ambiente e a sua preservação utilização sustentável. Pode ser incluída como disciplina. É uma metodologia de análise que surge a partir do crescente interesse do homem em assuntos como o ambiente, devido as grandes catástrofes naturais que tem assolado o mundo nas últimas décadas.

      (Adicionado: 3ªf Fev 10 2015 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Chuvas acidas

      Um dos problemas ambientais mais graves que muitas nas regiões no mundo vêm enfrentando atualmente é a chuva ácida. Dentro desse termo genérico, outros fenómenos como neblina ácida e a neve ácida, todos relacionados a precipitações substanciais de ácido. Pode parecer que não, mas milhares de pessoas preocupam-se com o meio ambiente. Os dois países com maior interesse em acabar com a chuva ácida são a Grã-Bretanha e a Alemanha. A Alemanha mudou sua política repentinamente para garantir pouca poluição; já a Grã-Bretanha, que tem menos problemas, ainda quer um pouco mais de provas antes de atuar. Um outro país, os Estados Unidos, acredita que sejam necessárias mais pesquisas e debates antes de uma ação prática. A chuva ácida tem - se apresentado como um dos piores problemas ecológicos de algumas regiões dos Estados Unidos, do Canadá e da Europa.

      (Adicionado: 4ªf Set 24 2014 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Noçoes sobre o meio ambiente ecologico e sua preservaçao

      O poder das novas tecnologias hoje, a nossa disposição, permite multiplicar para milhões de vezes o impacto que os nossos antepassados provocavam manualmente a natureza, isto porque toda a acção do homem tem provocado tais alterações ou mudanças no meio ambiente ecológico que, alem dos efeitos benéficos a que aspiramos, tem forjado igualmente graves consequências negativas. Visto que a desertificação acelerada, as secas persistentes, e as inundações inesperada a redução da camada de ozono e o aquecimento do planeta são apenas sintomas de graves problemas subjacentes; muito mais complexo, mas temos de resolver enquanto há tempo. No entanto irei abordar detalhadamente o tema: Noções Sobre o Meio Ambiente Ecológico e sua Preservação: Para melhor compreensão o esmiucei em três subtemas: Principais Factores que Influenciam o Meio Ambiente Ecológico; Importância do Meio Ambiente Ecológico; Protecção do Meio Ambiente Ecológico.

      (Adicionado: 4ªf Set 24 2014 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Experiências de educação ambiental em áreas de Manguezal: Buscando a superação da dicotomia sociedad

      O Rio Ceará é um dos principais rios do estado e está situado entre os municípios de Fortaleza e Caucaia, localizado a 03°44" S e 038°39" W. O manguezal nesta região possui uma área de aproximadamente 1000 ha, e apresenta uma diversificada fauna e flora. Existem exuberantes árvores de mangue vermelho (Rhizophora mangle (L.)) com mais de 15 metros de altura, que abrigam búzios, ostras, caranguejos e siris. A medida que o bosque se estende terra adentro, encontramos árvores de mangue preto ( Avicennia ssp.,(Stapf & Leechmanwere)), de 12 metros ou mais, dividindo o espaço com árvores de mangue branco (Laguncularia racemosa, (L.)) protegendo a costa e compondo um ambiente extremamente fértil, de transição entre o mar, o rio e a terra. No setor mais elevado, onde o solo já se torna hipersalino e a vegetação fica mais escassa, formam-se os apicuns[1]encontramos nessa região o mangue de botão (Conocarpus erectus) e alguns carangueijos mão-no-olho e chama-maré.

      (Adicionado: 6ªf Jun 06 2014 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Reciclagem do lixo escolar

      A justificativa para esse projeto é o desejo de mudanças em relação à produção diária de lixo no ambiente escolar, bem como o seu destino. 3 - OBJETIVOS: Geral: Conscientizar os alunos e toda a comunidade escolar de que quase todo o lixo escolar pode ser reaproveitado na confecção de materiais didáticos alternativos. Específicos: Identificar o exagero na produção de lixo escolar; Possibilitar situações onde possa ser compreendida a importância da educação ambiental; Possibilitar aos alunos oportunidades de conscientização sobre a importância da reciclagem escolar.

      (Adicionado: 6ªf Jun 06 2014 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Conscientização e responsabilidade social

      O presente trabalho tem como objetivo, mostrar como esta o meio ambiente. A conscientização e a responsabilidade social são os principais fatores que sustentam o desenvolvimento ambiental. Partindo desse pressuposto é que acreditamos na formação de uma sociedade coerente e democrática capaz de desempenhar bem o seu papel. Nesse trabalho vamos mostrar também o que acontece com os animais, com as florestas, rios e os lagos e como podemos diminuir estas catástrofes. E de como os países ricos preservam o meio ambiente e como eles lidam com os resíduos sólidos. E a aprovação do novo código florestal.

      (Adicionado: 6ªf Jan 17 2014 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Experiências de Educação Ambiental em Áreas de Manguezal: buscando a superação da dicotomia sociedad

      O Rio Ceará é um dos principais rios do estado e está situado entre os municípios de Fortaleza e Caucaia, localizado a 03°44" S e 038°39" W. O manguezal nesta região possui uma área de aproximadamente 1000 ha, e apresenta uma diversificada fauna e flora. Existem exuberantes árvores de mangue vermelho (Rhizophora mangle (L.)) com mais de 15 metros de altura, que abrigam búzios, ostras, caranguejos e siris. A medida que o bosque se estende terra adentro, encontramos árvores de mangue preto ( Avicennia ssp.,(Stapf & Leechmanwere)), de 12 metros ou mais, dividindo o espaço com árvores de mangue branco (Laguncularia racemosa, (L.)) protegendo a costa e compondo um ambiente extremamente fértil, de transição entre o mar, o rio e a terra. No setor mais elevado, onde o solo já se torna hipersalino e a vegetação fica mais escassa, formam-se os apicuns[1]encontramos nessa região o mangue de botão (Conocarpus erectus) e alguns carangueijos mão-no-olho e chama-maré.

      (Adicionado: 6ªf Jan 17 2014 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Qualidade microbiológica da água do córrego cercadinho em Belo Horizonte-MG: análise colimétrica da

      O Córrego Cercadinho, situado na região metropolitana de Belo Horizonte, é alvo de contaminação por esgotos domésticos. Sendo assim, suas águas podem conter microrganismos patogênicos, sendo essencial à avaliação de sua qualidade microbiológica. Sem saneamento básico adequado, esse leito fluvial transporta rejeitos para o Ribeirão Arrudas e, conseqüentemente, para os rios das Velhas e São Francisco. Compromete-se, então, as características tanto no aspecto natural, como também no paisagístico e histórico. Esse trabalho implica em verificar, através de amostras de água coletadas em diferentes pontos, a concentração colimétrica e o aumento no número de Escherichia coli à medida que o curso d` água vem recebendo os despejos. Foi usado o método de diluição em tubos múltiplos, o qual mostrou que no Córrego Cercadinho existe elevadas concentrações de material fecal. Portanto, o curso d`água em questão está seriamente comprometido, sendo extremamente necessário o tratamento e destinação adequada dos resíduos locais.

      (Adicionado: 6ªf Maio 31 2013 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Situação ambietal na província da huíla

      Neste trabalho vamos falar sobre a situação ambiental, analisar das principais causas dos problemas ambientais e efeitos nocivos dos desmatamentos para o meio ambiente na província da Huíla. A quase totalidade das pessoas que se dedicam as causas de preservação ou situação ambiental e social, o fazem movidas mais por amor do que por razões compreensíveis, e os seus trabalhos são direccionados à neutralização de acções directas que põem em risco imediato a existência de espécies da vida terrestre, assim como outros que defendem o bem-estar e a segurança social dos povos.

      (Adicionado: 6ªf Maio 31 2013 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Potencialidades de Angola em energias renováveis

      As previsões não deixam margem a duvida as fontes de Petróleo são finitas, vão acabar em um médio prazo. Políticos, cientistas e empresários com pensamento visionário, começam a preparar o caminho para a passagem as Energias renovaveis. Nossos países subdesenvolvidos têm uma soberana oportunidade de passar a vanguarda, pois contam com, as melhores condições param aplicar as Energias Renováveis.

      (Adicionado: 4ªf Abr 24 2013 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Percepção dos desastres ambientais climáticos em Jaraguá do Sul - SC

      O Município de Jaraguá do Sul vem sofrendo ao longo dos anos pelos constantes desastres ambientais, nesse estudo priorizaram-se os casos dos anos de 2008 e 2011. Para entender o processo traumático de um desastre buscou-se enfatizar a percepção da população de Jaraguá do Sul frente aos desastres, foram levantados dados com base na percepção e interpretação após um desastre ambiental, e suas diferentes percepções sobre o desastre. Após entendermos a percepção de uma população traumatizada, podemos compreender ao fundo o que é um desastre, juntamente com as teorias estudadas ao longo do tempo sobre essa questão, a percepção vem agregar valores a ciência exata e teórica. O Município localiza-se, em um vale da Serra do Mar que apresenta vulnerabilidade a processos naturais de desnudação que, dadas as condições climáticas, geológicas, geomorfológicas e de ocupação antrópica aumentam o risco de ocorrências de desastres naturais como inundações e movimentos de massa. O município de Jaraguá do Sul declarou situação de emergência em 20 de novembro de 2008 e, posteriormente, estado de calamidade pública, em 14 de dezembro do mesmo ano. Já no ano de 2011, precisamente no mês de janeiro e fevereiro o município entrou em estado de alerta, com riscos de enchentes e deslizamentos. Palavras – chave: Jaraguá do Sul, Percepção Ambiental, Interpretação, Valoração Ambiental, Percepção de Risco Desastres Ambiental, Evento Climático Extremo.

      (Adicionado: 5ªf Set 08 2011 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • "Adeus aos lixões": Uma história ambiental da cidade do Rio Grande

      Como afirma Daryl Kollman, muito se discute sobre o que realmente deve ser feito para gerar um amanhã mais digno e igualitário, principalmente, dentro das universidades. Com efeito, o que estamos propondo nesse trabalho é a análise sobre o projeto "Adeus aos lixões" que colocou em prática a teoria adquirida na academia, construindo dessa forma uma intervenção socioambiental que estimulou e transformou a comunidade local da época. Dentro da perspectiva da História Ambiental, o projeto aqui abordado pode ser considerado uma construção plena de educação transformadora, pois conseguiu atuar de maneira enfática na comunidade. Tal resultado foi fruto do fomento da inter-relação entre homem e sociedade para obtenção de um novo conhecimento que instigou a mudança de hábitos cotidianos, acarretando bem estar e a participação do homem, no seu próprio meio, na solução das questões ambientais. É importante mencionar ainda que no período trabalhado, a década de 1980, na cidade do Rio Grande, já existiam movimentos que fomentavam esse ideário. Entre esses, podemos mencionar o NEMA (Núcleo de Educação e monitoramento ambiental) e o CEA (Centro de Estudos Ambientais) em nossa cidade, fato que muito colaborou na caminhada percorrida. Implantado em 1990, "Adeus aos lixões" atuou na iniciativa da coleta seletiva de lixo na cidade do Rio Grande, prática da educação ambiental em escolas e universidade e no incentivo a cooperativa de catadores de lixo para realização da necessária, separação de resíduos e posterior geração de trabalho e renda. Contudo, mesmo com sua forte atuação, o programa ao longo dos anos foi sendo esquecido e os hábitos cultivados enfraquecidos, restando somente a todos aqueles que vivenciaram o seu auge questionar: O que aconteceu? Por essa intervenção não teve resultados permanentes? Quais os vestígios que ainda podemos observar dessa história? Elementos que serão observados no decorrer desse trabalho. A vontade de pesquisar e escrever sobre esse assunto surgiu da curiosidade dessa articulista e das respostas obtidas através do orientador desse trabalho, Daniel Prado, e da coordenadora do Núcleo de desenvolvimento social e econômico da universidade Federal do Rio Grande – FURG, Lúcia Nobre. Sendo graduanda do curso de História Bacharelado e realizando estágio no NUDESE[1]fui incumbida de prestar assessoria a dois grupos de reciclagem: "Reciclar é vida" e "Associação Vitória".

      (Adicionado: 2ªf Set 05 2011 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
Próximos 15