Psicologia

Páginas: [<<] 1 2 3 4 5 6 7

    • O fenòmeno do dirigir alcoolizado no Brasil e no mundo: revisáo da literatura.

      O objetivo deste trabalho é apontar a importância do tema do dirigir alcoolizado no Brasil e no mundo através de uma revisão epidemiológica sobre este assunto. Além disso, apresenta-se aqui açõespreventivas e coibitivas (melhoria das ruas e estradas, aplicação do bafômetro, prisão e aprensão da carteira de motorista para infratores, aumento da idade legal para o consumo de álcool, etc) levadas a cabo internacionalmente assim como alguns aspectos de legislação nacional e internacional sobre o beber e dirigir. Através da reflexão sobre estes dados, é possível pensar sobre caminhos que já se mostraram eficientes em outros países e o que pode ser feito nesta área no Brasil.

      (Adicionado: 3ªf Ago 29 2006 | Visitas: 169 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Dependência de Benzodiazepínicos

      O potencial de abuso dos benzodiazepínicos, culminando com a produção da síndrome de dependência é um fenómeno clínico relativamente recente. Foi somente apartir de meados dos anos 70 - quando os primeiros estudos clínicos evidenciaram o desenvolvimento de dependência e sintomas de abstinência em doses terapêuticas - que passou-se a considerar o risco dos benzodiazepínicos para induzirem abuso ou dependência. Mesmo assim, durante algum tempo considerava-se a própria dependência como uma complicação rara. Nessa época, o diazepam tornou-se em pouco tempo o benzodiazepínico mais vendido dentro da classe dos sedativos, hipnóticos e ansiolíticos, chegando a liderar o “ranking” das medicações mais prescritas nos Estados Unidos entre 1972 a 1983. Muito desta relutância em aceitar o potencial de abuso dos benzodiazepínicos deve-se ao perfil benigno dos seus efeitos adversos, tornando-a uma droga segura em relação aos barbitúricos e outros sedativos hipnóticos. No começo dos anos 80, quando demonstrou-se que 50% dos usuários crônicos de benzodiazepínicos (acima de 12 meses) evoluíam com uma síndrome de abstinência, esta visão “complacente” pelos benzodiazepínicos alterou-se acentuadamente.

      (Adicionado: 5ªf Ago 24 2006 | Visitas: 189 | Colocação: 5.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Estudo dos estágios motivacionais em sujeitos adultos dependentes do álcool

      Esta pesquisa tem por objetivo identificar a configuração dos estágios motivacionais em alcoolistas internados em unidades especializadas e verificar se há uma correlação entre estes estágios e o grau de dependência avaliado. A amostra foi composta por 120 alcoolistas, do sexo masculino com nível de dependência entre moderado e grave. Os instrumentos utilizados foram: Short-form Alcohol Dependence Data (SADD) para identificar a gravidade da dependência alcóolica e a University of Rhode Island Change Assessment Questionnaire (URICA) para avaliar os estágios motivacionais. Os resultados demonstraram uma correlação positiva e de intensidade baixa (rs= 0,197; p=0,031) entre a gravidade da dependência e o estágio de Manutenção, bem como uma preponderância de escores neste estágio. Discute-se a importância da aplicação das escalas utilizadas para um melhor delineamento das técnicas a serem adotadas durante o processo terapêutico.

      (Adicionado: 5ªf Ago 24 2006 | Visitas: 162 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • O Conceito de ansiedade em Paul Tillich e na psicanálise

      A ansiedade é uma experiência humana universal que nos remete a uma questão essencial: qual o significado da ansiedade e sua importância no desenvolvimento do ser humano? Há uma razão existencial para a ansiedade? Ou talvez uma razão intrapsíquica? Paul Tillich em seu livro A Coragem de Ser descreve três tipos de ansiedade, as quais são consideradas existenciais no sentido em que pertencem à existência como tal e não a um estado anormal da mente como na ansiedade neurótica (e psicótica). A psicanálise, por sua vez, considera que a ansiedade representa importante papel no processo de adaptação e equilíbrio do indivíduo, estando relacionada com a experiência de um temor internalizado que pode originar-se de várias fontes do aparelho mental. Para a psicanálise, a angústia (ansiedade) mobiliza os recursos internos do indivíduo para a solução de seu impasse existencial, seus conflitos. Reconhecer-se finito, não-onipotente, não-perfeito, passível de morte e desagregação põe por terra a crença narcísica do indivíduo e, somente com a aceitação de sua finitude, com a frustração é que o indivíduo encontra saídas sublimatórias para seus conflitos.

      (Adicionado: 3ªf Ago 22 2006 | Visitas: 193 | Colocação: 10.00 | Votos: 1) Avaliar
    • A Transferência e sua Relação com o Inconsciente

      Se a transferência é o que movimenta a análise e determina a direção desta, o que é que se transfere? Foi nela que este teve início e numa resposta a ela encontra um ponto a guisa de conclusão. O que se segue parte de uma inevitável articulação entre dois conceitos fundamentais da psicanálise, ou seja, a transferência e o inconsciente, que encontra no aforismo "a transferência é a atualização da realidade do inconsciente" (LACAN, 1964, pg. 139) suas razões.

      (Adicionado: 3ªf Ago 15 2006 | Visitas: 196 | Colocação: 7.00 | Votos: 2) Avaliar
    • Ingestão Compulsiva

      Definição e evolução do conceito. Características clínicas. Etiologia da ingestão compulsiva. Modelos explicativos. Tratamento. Episódios de ingestão compulsiva e bulimia nervosa. Episódios de ingestão compulsiva e anorexia nervosa. Episódios de ingestão compulsiva e obesidade. (Sólo en Portugués).

      (Adicionado: 3ªf Jul 15 2003 | Visitas: 577 | Colocação: 7.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Resiliência del adolescente e sus componentes emocionais durante su desenvolvimento

      A observação da criança e dos jovens. Aplicação de um programa de desenvolvimento cognitivo adaptado a uma situação concreta. A noção de resiliência. Adopção e resiliência. A agressividade e a resiliência. A adolescencia tardia e a resiliência. A adolescência, a família e resiliência. (Sólo en Portugués).

      (Adicionado: Dom Ago 26 2001 | Visitas: 2526 | Colocação: 6.40 | Votos: 10) Avaliar
15 Anteriores