Religião

Páginas: [<<] 1 2 3 4

    • O "livro sagrado" do Santo Daime

      Este artigo interpreta parcialmente os símbolos que compõem o imaginário do "Cruzeiro", "Livro Sagrado" da religião daimista. O Santo Daime é um culto essencialmente musical. Um de seus ritos denomina-se "bailado" porque nele os adeptos (fardados) bailam em formação quadrilátera organizada por gênero, entoando hinos cujos compassos são marcados pelo toque dos maracás. Esses instrumentos cumprem, ainda, a função de "arma espiritual". O hinário "O Cruzeiro", de Raimundo Irineu Serra, começou a ser "recebido" do "astral" (região "divinal") quando ele principiava, desde 1912, sua iniciação com o uso ritual de ayahuasca, conduzida por ayahuasqueros mais experientes, a partir das trocas culturais estabelecidas entre índios e seringueiros nas selvas acreanas. Mudando-se para Rio Branco, em 1930, Irineu organizou uma comunidade agrícola e deu continuidade ao seu trabalho com a ayahuasca. Ao longo do processo de constituição de sua pessoa como líder religioso e "curador" seu hinário foi sendo recebido (até próximo de sua morte, em 1971), assinalando o seu percurso e constituindo o modelo para os que o acompanhavam e para os que viriam depois. Deste modo, todos os hinários da religião daimista têm por referência o "Cruzeiro".

      (Adicionado: 4ªf Nov 07 2007 | Visitas: 320 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • O tempo dos tempos de Maria. Hipóteses sobre o "Paradoxo Mariano"

      A magnitude do culto mariano. Fundamentos do paradoxo mariano. Explicações da "Ausência Mariana". Da clandestinidade ao poder: o processo de transição. A visão da divindade e as novas circunstâncias. Os mimetimos e a fundação das bases cristãs. "Heresias" em favor de Maria. Maria antes de Maria. Maria: mãe dos Homens. Dois caminhos: um mesmo destino. A Advogada das almas. A Senhora vestida de Luz. A unificação das tendências Marianas. Os novos rumos do culto Mariano.

      (Adicionado: 2ªf Nov 27 2006 | Visitas: 425 | Colocação: 9.67 | Votos: 3) Avaliar
    • Arte, simbolismo e fé

      Como a história de Bizâncio determinou as características peculiares à iconografia da Igreja Católica Ortodoxa; e como os ícones podem ter contribuído para a manutenção do poder da igreja e do Império por mil anos. (Sólo en Portugués).

      (Adicionado: 3ªf Jul 18 2006 | Visitas: 462 | Colocação: 8.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Semelhanças entre o budismo e o cristianismo Contribuições Ecumênicas do Oriente para o Ocidente

      Pretende mostrar as semelhanças históricas e conceituais entre o Budismo e o Cristianismo, além de fornecer subsídios sobre a filosofia Budista acerca do Vazio, Sincretismo, Ecumenismo, Santidade Feminina e o Eu. Monografia apresentada à Coordenação do Curso para obtenção do grau de Licenciatura Plena em Ciências da Religião, chancelado pela Universidade do Vale do Acaraú - UVA, em convênio com a Faculdade de Educação Teológica do Nordeste – FAETEN.

      (Adicionado: 2ªf Maio 08 2006 | Visitas: 483 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Dois habsburgos na ilha da madeira

      Zita de Burbon Parma. O sucessor do imperador Francisco José. Casamento de Zita e Carlos. O exílio na madeira. Viúva aos 36 anos. Issi na Madeira. (Sólo en Portugués).

      (Adicionado: 3ªf Dez 21 2004 | Visitas: 707 | Colocação: 6.50 | Votos: 2) Avaliar
    • A mais antiga constituição dinástica - Comentários sobre uma narrativa bíblica

      Na história bíblica dos antigos hebreus, há registros de importantes eventos, deflagrados pelas necessidades sócio-políticas de então, cuja liturgia foi emoldurada por rituais significativos, que podem demarcar as origens do atual direito dinástico. Entesourado também nessa preciosa fonte, já tivemos a oportunidade de destacar outro fato notável, que aponta a primeira translação de direitos sucessórios reais (a conhecida transação do direito de primogenitura entre Jacó e Esaú). Neste estudo, apresentaremos a notícia do mais antigo documento conhecido, de cunho dinástico, modelador das relações entre o soberano israelita e seu povo. Trata, o evento, da instituição de uma realeza teocrática, que reuniu as tribos rivais, e da ritualística da unção de Saul, como primeiro rei de Israel, encontrada no livro I do profeta Samuel. (Sólo en Portugués).

      (Adicionado: 3ªf Jun 04 2002 | Visitas: 1275 | Colocação: 8.27 | Votos: 11) Avaliar
15 Anteriores