Saúde

 
Esportes (14) +
Páginas: [<<] 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 ... [>>]

    • Estudo de qualidade de vida em enfermeiras do distrito sanitário do Portão

      Neste trabalho de conclusão de curso, constatamos a necessidade de conhecer melhor os funcionários (sua vida particular e profissional e como uma poder influir em outra). Procurou-se conhecer e avaliar a qualidade de vida no trabalho na percepção das enfermeiras do Distrito Sanitário Portão em Curitiba. A partir do objetivo estabelecido, a pesquisa foi norteada, primeiramente, por levantamento bibliográfico sobre qualidade de vida no trabalho (Q.V.T.), esclarecendo os principais conceitos que dizem respeito a esse assunto. Num segundo momento, em campo, procurou-se identificar os principais aspectos relativos a Q.V.T., através da aplicação de um questionário previamente definido; trata-se de um método descritivo qualitativo. (Em formato PDF)

      (Adicionado: 3ªf Set 21 2010 | Visitas: 0 | Colocação: 2.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Parasitoses gastrintestinais: perfil de manipuladores de alimentos em condições semi-áridas

      A necessidade alimentar aumenta a cada dia por todo o mundo, visto que a população cresce e aumenta-se o número de famintos. Sabendo disso, busco-se, de uma forma geral, descrever o perfil de trabalhadores, que manipulam alimentos ingeridos sem a necessidade de cozimento, por infecções enteroparasitárias. Trata-se pois, de um estudo descritivo, exploratório e explicativo, com abordagem quantitativa, desenvolvido em pontos de venda de alimentos ingeridos sem cozimento (restaurantes, lanchonetes e similares), os quais foram divididos em cinco grupos, conforme o tipo de atividade e caráter alimentar do estabelecimento, do município de Patos – PB e, no laboratório de doenças parasitárias da Universidade Federal de Campina Grande. (Em formato PDF)

      (Adicionado: 3ªf Set 21 2010 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Vigilancia epidemiologica na unidade de saúde da mulher

      Escolhi o tema Vigilância epidemiológica pois me preocupo com os problemas coletivos da população: falta de saneamento básico, falta de informaçoes e outros agravos que afetam a saúde das pessoas, especialmente aqueles agravos que acometem as classes trabalhadoras. Assim oonde me fou ofertado estágio (no servico de Vigilância epidemiológica da unidade de Saúde da mulher, pertencente a Secretaria Municipal da Saúde de Curitiba) consegui ajudar a iniciar açoes básicas no servico de Vigilância epidemiológica e preticar algumas dessas açoes básicas em Vigilância epidemiológica. (Em formato PDF)

      (Adicionado: 3ªf Set 21 2010 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Ergonomia e enfermagem. Análise em uma equipe de trabalho

      O presente estudo exploratório-descritivo com análise quantitativa, pesquisando um total de quarenta e cinco auxiliares e técnicos de enfermagem, atuantes em pronto-socorro e enfermaria de um hospital geral de pequeno porte, no interior do Estado de São Paulo, teve como objetivos verificar o conhecimento sobre ergonomia, desses profissionais, bem como a aplicabilidade da mesma em sua atuação profissional cotidiana, e o interesse em participar de um programa de apoio sobre ergonomia aplicada à enfermagem. Neste estudo foi observada a carência do profissional no âmbito do esclarecimento com relação à sua mecânica corporal durante suas atividades de enfermagem, pois os pesquisados apresentaram índices de dor e fadiga, entre outras dificuldades, na realização de suas tarefas diárias. Conclui-se a necessidade de maior interesse do profissional na melhoria da qualidade de seus postos de trabalho, e aprimoramento no seu conhecimento sobre ergonomia e sua aplicação real na atividade laboral. Palavras chave: Ergonomia, Biomecânica, Enfermagem.

      (Adicionado: 6ªf Ago 20 2010 | Visitas: 0 | Colocação: 10.00 | Votos: 1) Avaliar
    • A atuação do enfermeiro na prevenção dos efeitos nocivos do inseticida

      A atuação do enfermeiro na prevenção dos efeitos nocivos causados pelo uso indiscriminado do inseticida malation. Lista de siglas e abreviaturas. Locais de uso de agrotóxicos. Principais grupos expostos a agrotóxicos. Notificação, epidemiologia e centros de controle de intoxicação por agrotóxicos. Intoxicação por agrotóxico. Normas e medidas preventivas e de controle de intoxicação por agrotóxicos. Medidas gerais de pronto-socorro. Inseticidas organofosforados. Inseticidas Malation. O malation é um inseticida organofosforado amplamente utilizado no Brasil e é responsável por inúmeros casos de intoxicações por agrotóxicos no país. A partir daí, torna-se importante o estudo de suas características, mecanismo farmacológico e toxicológico, manifestações clínicas por exposição, os tipos de diagnósticos e tratamentos disponíveis. Dentro desse contexto, este trabalho trata-se de uma revisão bibliográfica que tem como objetivo verificar não somente os possíveis danos à saúde humana causado pelo uso indiscriminado do inseticida malation como também, reunir informações sobre agrotóxicos, identificar locais e grupos expostos a estes agentes tóxicos, analisar a epidemiologia de intoxicação por agrotóxico no Brasil, expor os tipos de intoxicação, verificar as medidas preventivas e de pronto-socorro de intoxicação descrevendo as ações do enfermeiro na prevenção, promoção e vigilância das intoxicações por malation.

      (Adicionado: 3ªf Abr 06 2010 | Visitas: 0 | Colocação: 10.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Cibercorpo: Interface e (In)Formação

      No atual cenário tecnológico, para o qual a interface tem um papel determinante ao possibilitar relações de interação e troca no ciberespaço, discute a emergência do cibercorpo e de um movimento de expansão da consciência, espécie deprojeção dos "eus" nas telas de computador. Sobre a importância da interface, propõe contribuir coma perspectiva de que, na cibercultura, o estatuto de corporeidade física não deve ser abandonado. Enfatiza as possibilidades comunicacionais que existem entre um cibercorpo passível dese desmaterializar e um outro que pode potencializar as redes de comunicação e de interação, territorial e virtual, através da (in)formação.

      (Adicionado: 3ªf Jan 26 2010 | Visitas: 0 | Colocação: 8.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Áscari en colédoco

      Ascari lumbricoides: ciclo evolutivo. Transmissão: Ingestão de Agua e alimentos, contaminação das manos, contaminação do ambiente domiciliar e peridomiciliar. Sinais e sintomas: periodo de incubação - 60 dias. Larvas - ciclo pulmonar ou de Loos: tosse seca, febre, dificuldade respiratoria, irritação bronquica, diagnostico dificil. Vermes adultos: assintomaticos (maioria), diarreia, vomito, espoliação nutricional, convulsão, urticaria, oclusão intestinal, localização ectopica.

      (Adicionado: 6ªf Ago 21 2009 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Câncer de mama e imagem corporal: Uma busca através da dança do ventre

      Este trabalho analisou a imagem corporal de mulheres que passaram por um câncer de mama assim como a contribuição da dança do ventre com a mesma. Objetivou-se verificar como a mulher representa seu corpo nas relações consigo mesma, como ela percebe e interage com ele após o câncer de mama e a contribuição da dança do ventre com estas percepções. Trata-se de uma pesquisa qualitativa e longitudinal na qual foi utilizada análise de entrevistas para avaliação da imagem corporal das participantes antes e após as aulas, as quais foram transcritas e analisadas. Iniciamos o estudo com 6 pacientes, sendo que uma desistiu após a primeira aula, concluindo o trabalho com 5 participantes. As pacientes participaram de 6 aulas de dança do ventre durante 6 semanas quando foram re-entrevistadas. Os resultados finais mostraram que as mulheres em questão apresentavam alteração na imagem corporal e que com a dança do ventre estas passaram a se perceber melhor obtendo maior consciência corporal, levando-as a se perceberem como um todo o que estimula uma mudança positiva da imagem corporal.

      (Adicionado: 5ªf Ago 20 2009 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • O passo e o bailar: a intervenção no andar do portador de paralisia cerebral

      Neste artigo aborda-se o uso da equoterapia e do balé como intervenção na marcha de crianças portadoras de Paralisia Cerebral (PC) com capacidade de deambular, o objetivo é traçar um paralelo entre a equoterapia e o balé como recurso terapêutico capaz de intervir no equilíbrio, no tempo de deslocamento e na capacidade funcional da marcha. A leitura do trabalho pressupõe descifrar o que há de comum no balé e na equoterapia como estímulo do controle do movimento corporal e ainda, conhecer as propriedades físicas da dança e a fundamentação do balé como recurso terapêutico. O tema estudado é a intervenção da equoterapia e do balé em portadores de encefalopatia não progressiva (paralisia cerebral - PC) deambuladores, com intuito de treinar o equilíbrio durante a marcha.

      (Adicionado: 5ªf Ago 20 2009 | Visitas: 0 | Colocação: 10.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Os novos cursos de medicina fazem mal à saúde

      Esta pesquisa focaliza o debate sobre a formação médica contemporânea na sociedade brasileira por meio do estudo das lutas materiais e simbólicas que cercaram a transformação do modelo comunitário de medicina em currículo incentivado pelo estado. Interroga-se, particularmente, sobre os efeitos da circulação internacional dos médicos nesse processo.

      (Adicionado: 5ªf Ago 20 2009 | Visitas: 0 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Ciúme patológico e o toc

      Para o portador de Ciúme Patológico o amor é um sentimento depreciativo e doentio. Este portador é sempre questionado e o medo da perda é continuado. Este também ocorre no Transtorno Obsessivo Compulsivo (TOC), no qual há sempre a dúvida patológica com verificações repetidas, mesmo fenômeno que se observa no Ciúme Patológico. O objetivo deste trabalho foi realizar uma revisão bibliográfica referente ao Ciúme, especificamente o Ciúme Patológico e sua relação com o Transtorno Obsessivo Compulsivo. Visando este objetivo, foi feita uma decomposição da sintomatologia do TOC e do Ciúme Patológico a fim de verificar como seus sintomas nucleares estão relacionados: se o Ciúme Patológico resulta de uma predisposição do TOC (devido ao núcleo comum de sintomas) ou se o Ciúme Patológico é realmente uma entidade nosológica independente. Assim foi constatado que sintomas apresentados no TOC têm relação com as características do Ciúme Patológico.

      (Adicionado: 6ªf Maio 29 2009 | Visitas: 48 | Colocação: 1.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Biodireito, saúde e participação social

      O direito à saúde no Brasil. Democracia participativa e espaços públicos: qual o alcance da participação?. Considerações finais: a luta pela efetividade. Neste artigo procura-se realizar uma reflexão sobre os avanços da consolidação da democracia participativa no Sistema Único de Saúde, demonstrando também os desafios enfrentados por esse tipo de democracia como meio para a efetivação do direito à saúde, que é um direito fundamental garantido constitucionalmente.

      (Adicionado: 5ªf Abr 30 2009 | Visitas: 59 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Concepção de saúde e níveis de dor em comissários (as) de bordo

      Dentre muitos tripulantes de diversas Cias aéreas, ouve-se falar no cansaço, estresse, dor, índice baixo de saúde e diminuição da capacidade funcional em decorrência das peculiaridades encontradas no trabalho destes (cruzamento de fusos, quebra do ciclo circadiano, estresse no trabalho, seqüência de horas trabalhadas, alimentação em horários diferentes, sono irregular e longos períodos sem ver a luz do dia. O presente estudo visa analisar o nível de saúde e dor em tripulantes (comissários e comissárias de bordo) em uma grande empresa aérea. A amostra foi composta de 59 indivíduos de ambos os sexos de idades variadas divididos por praticantes e não praticantes de exercício físico antes de iniciarem suas respectivas jornadas de trabalho estando os mesmos uniformizados e nas dependências da empresa. Para a verificação da tendência dos indivíduos a estados ou sensações de Saúde foi utilizado Short-Form 36 Health Survey (SF-36). Este instrumento é um questionário genérico de saúde, formulado a partir do Medical Outcomes Study. O SF-36 foi validado no Brasil em 1997 (Ciconelli, 1997). O SF-36 é um questionário genérico multidimensional, formado por 36 itens englobados em 8 domínios: (1) capacidade funcional, (2) aspectos físicos, (3) dor, (4) estado geral de saúde, (5) vitalidade, (6) aspectos sociais, (7) aspectos emocionais, (8) saúde mental. Compõem-se também de uma questão que avalia o estado atual de saúde comparado aquele encontrado há um ano atrás. Para Mensurar o nível de dor foi utilizado o Inventario da Dor de Becker (Becker Jr, 2002). O inventario possui perguntar relacionadas a intensidade e quantidade da dor, assim como localização e solicita informações dos entrevistados como sexo, idade, fumante, bebe, estado civil e praticante ou não de exercício físico. Verificou-se que em ambos os sexos, os aspectos analisados (estado geral de saúde, aspectos sociais, aspectos emocionais, saúde mental, aspectos físicos, nível de dor e freqüência) apresentaram pouca diferença entre os indivíduos estudados. Contatou-se que os níveis de saúde estavam baixos, o que ratifica vários autores citados que, em diversos estudos, citam fatores tanto subjetivos quanto fisiológicos responsáveis pelos índices de acordo com o tipo de trabalho prestado pelos tripulantes. O ambiente de trabalho influência à saúde (física ou emocional) interfere na realização de atividades diárias. Constatou-se que, mesmo em indivíduos praticantes de exercício físico, os índices encontrados estavam muito baixo, o que demonstra a influencia do trabalho na vida destes. Estudos como estes fornecem dados substanciais para a implantação de programas de intervenção na área da saúde dentro da empresa através da área de gestão e pessoal.

      (Adicionado: 2ªf Abr 27 2009 | Visitas: 66 | Colocação: 10.00 | Votos: 1) Avaliar
    • Stress nas organizações: Um estudo sobre as influências do stress no comportamento dos funcionários

      Com o avanço da tecnologia o mercado de trabalho sofre constantes e rápidas mudanças, exigindo que as pessoas se tornem cada vez mais aptas para atuarem neste novo cenário. Com isso elas acabam vivendo sob pressão, não só no ambiente de trabalho, mas também acabam sofrendo uma pressão psicológica, que pode desencadear o stress. Sendo assim, este trabalho teve como objetivo geral averiguar como os agentes estressores, possíveis causadores de stress, interferem na vida dos funcionários tanto positiva como negativamente. Como objetivos específicos buscou-se estudar como o stress prejudica o desempenho dos funcionários no ambiente de trabalho, analisando como eles reagem perante uma situação estressante e avaliando as possíveis causas do stress. Stress é um conjunto de reações que temos quando algo acontece e nos deixa em situações de medo, irritação, excitação ou felicidade. Qualquer situação, que desperte emoção boa ou má, exigindo mudanças no modo de agir da pessoa é um agente estressor. Os aspectos metodológicos foram caracterizados por um estudo de caso, sendo uma pesquisa de caráter qualitativa. Para instrumento de coleta de dados utilizamos o método de entrevista com alguns dos funcionários do Posto de Saúde de Presidente Bernardes – SP. Deste modo, com o resultado desta pesquisa foi possível mostrar aos funcionários uma melhor maneira de como eles lidarem com o stress diário, desde que saiba sua causa, provavelmente alguns funcionários saberão lidar melhor com o stress do que outros de modo que não interfira seu desempenho e não desencadeie algo que possa prejudicar seu organismo. Palavras–chave: Stress, personalidade, organismo, trabalho.

      (Adicionado: 2ªf Jan 12 2009 | Visitas: 142 | Colocação: 6.33 | Votos: 3) Avaliar
    • Níveis de prevenção em saúde

      Excerto da dissertação "Níveis de prevenção: conceito e contributo do médico de saúde pública", efectuada na Administração Regional de Saúde do Norte, IP, no âmbito do Internato Médico de Saúde Pública. É difícil estabelecer unanimidade quanto ao número de níveis de prevenção a distinguir e ás "fronteiras" precisas que separam cada um deles. A posição mais abrangente reconhece cinco níveis: primordial, primária, secundária, terciária e quaternária.

      (Adicionado: 4ªf Dez 31 2008 | Visitas: 165 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
15 Anteriores Próximos 15