Veterinaria

Páginas: [<<] 1 2 3 4 5 6 7

    • Aspectos genéticos e ambientais da curva de lactação de vacas da raça Guzerá

      O conhecimento das relações genéticas entre os parâmetros da curva de lactação e a produção de leite é importante para a seleção de vacas e de touros. Os registros de produção de leite de 583 vacas da raça Guzerá, filhas de 165 reprodutores, foram usados para estimação dos parâmetros da curva de lactação em dois modelos matemáticos. As informações referentes às produções de leite foram obtidas usando-se a base de dados extraída do Arquivo Zootécnico Nacional, mantido na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa Gado de Leite). As análises foram efetuadas usando-se o sistema MTDFREML, sob modelo animal que incluiu os efeitos fixos de rebanho-ano-estação de parto e, como covariável, a idade da vaca ao parto, com termos linear e quadrático. Como efeitos aleatórios foram incluídos animal, efeito permanente de ambiente e erro. As estimativas de correlações genéticas entre a produção de leite total, a produção inicial e a taxa de declínio da produção foram de 0,55 e 0,86 e de -0,19 e 0,38, respectivamente, para cada modelo matemático estudado. Para as duas últimas características, estas estimativas foram de 0,45 e 0,75, indicando que vacas com maiores produções iniciais apresentaram declínios mais acentuados da produção de leite ao longo do período de lactação. As correlações genéticas entre a produção de leite em 305 dias e os parâmetros do modelo seguiram a mesma tendência, em magnitude e sinal, às da produção de leite total. De acordo com os resultados, pode-se inferir que a seleção para a produção de leite total resulta em acréscimo na produção inicial e mudanças inexpressivas na taxa de declínio da produção de leite, não alterando a forma da curva de lactação. As correlações de ordem entre as classificações dos valores genéticos preditos foram altas e positivas (0,68 e 0,74), sugerindo que os indivíduos com os maiores valores genéticos para produção inicial de leite seriam também aqueles com maiores valores para produção de leite total.

      (Adicionado: 2ªf Dez 04 2006 | Visitas: 158 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Associação do loco BoLA-DRB3.2 com produção de leite em bovinos da raça Gir

      A associação entre os alelos do loco BoLA-DRB3.2, identificados pela técnica de PCR-RFLP, e a produção de leite na raça Gir foi estudada por meio da análise de dados moleculares e fenotípicos de 424 vacas Gir, utilizando um modelo misto, sob modelo animal. Os dados moleculares consistiam dos genótipos dos animais para os alelos do loco BoLA-DRB3.2 e os dados fenotípicos eram referentes à produção de leite em até 305 dias de lactação. O loco é altamente polimórfico nesta raça, sendo identificados sete alelos (BoLA-DRB3.2*4, *8, *11, *19, *28, *41 e *48) que não haviam sido encontrados em animais zebuínos. Dois alelos (*16 e *29) estavam significativamente associados com maiores produções de leite, sugerindo que o próprio loco BoLA-DRB3.2 ou um QTL a ele ligado influencia a produção de leite de vacas Gir.

      (Adicionado: 2ªf Dez 04 2006 | Visitas: 146 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
    • Curva de lactação na raça Guzerá

      Os objetivos deste trabalho foram identificar as funções matemáticas que melhor se ajustam à produção de leite de vacas da raça Guzerá, avaliar os efeitos dos fatores de ambiente sobre a forma da curva de lactação e estimar parâmetros genéticos para a produção de leite e para os componentes responsáveis pela forma da curva de lactação. Foram utilizadas 1130 lactações de 583 vacas da raça Guzerá, filhas de 165 touros, com produções abrangendo o período de 1983 a 1997. Os modelos y = a n e -cn, y = a - cn+ ln(n), y = a - cn e y=a e-c n foram os que melhor se ajustaram à curva de lactação das vacas. Pela análise de variância, verificou-se que, os efeitos de rebanho, ano de parto e idade da vaca ao parto influenciaram as características produção de leite total, produção inicial e taxa de declínio da produção. Foram obtidas as estimativas para os coeficientes de herdabilidade e repetibilidade, por meio de análises com uma e duas características. A seleção de animais, baseada somente no formato da curva de lactação, seria de baixa eficiência.

      (Adicionado: 2ªf Dez 04 2006 | Visitas: 168 | Colocação: 0.00 | Votos: 0) Avaliar
15 Anteriores