petição inicial overbooking

3606 palavras

EXCELENTÍSSIMO(A) SENHOR(A) DOUTOR(A) JUIZ(A) DE DIREITO DO ___ NOME COMPLETO E QUALIFICAÇÃO, por seu advogado e procurador infra-assinado (instrumento procuratório em anexo), vem, mui respeitosamente, à presença de Vossa Excelência, promover a presente AÇÃO DE INDENIZAÇÃO POR DANOS MORAIS E MATERIAIS em face da NOME DA DEMANDADA E QUALIFICAÇÃO, o que faz com fundamento de direito, bem como pelas motivações fáticas e jurídicas a seguir delineadas:

Levando em consideração que todos teriam que embarcar no outro vôo e que estavam desamparados e que nada teriam para fazer no aeroporto de Salvador durante esse período, depois de muito argumentar conseguiram que a empresa arcasse com a despesa do taxi, para que esse os levassem onde desejassem. A autora foi encaixada num vôo da AVIANCA (nº6224), que sairia de Salvador às 21h28min, ou seja, 7 HORAS APÓS O HORÁRIO MARCADO!!!! Foi solicitado pela Autora que o táxi a levasse para o Shopping Barra, onde ficaria esperando o tempo passar para embarcar somente às 21h28min. Assim foi feito. Antes porém, no Aeroporto, a Autora guardou suas bagagens no Maleiro e desembolsou a quantia de R$18,00, conforme se vê da nota fiscal em anexo. A companhia aérea informou que não arcaria com tal despesa, nem tampouco com despesa de alimentação. No shopping, a autora jantou numa Pizzaria, no valor de R$31,40, conforme se vê do extrato bancário em anexo. O valor desembolsado a título de alimentação, como dito, também não foi pago pela TRIP, não havendo qualquer tipo de assistência neste sentido, apesar de questionado por todos os passageiros vítimas do overbooking.