Dimensionamento de uma instalação para aproveitamento do biogás existente nas pequenas propriedades rurais

 

As preocupações da humanidade atualmente estão voltadas a uma nova matriz energética, mais limpa e renovável, que degrade menos o meio ambiente.

Alinhado a esses fatores a biomassa torna-se uma grande alternativa para a substituição do petróleo, pois de todas as fontes energéticas renováveis, empregadas comercialmente em processos modernos, somente ela, possui flexibilidade para suprir a produção de energia elétrica e mover o setor de transportes. Refletindo sobre a diminuição dos impactos nocivos ao meio ambiente, e na utilização de combustíveis renováveis na geração de energia o presente trabalho teve por objetivo o dimensionamento de um sistema para o aproveitamento do biogás, proveniente dos dejetos suínos em uma pequena propriedade rural. Para isso foi elaborado uma revisão bibliográfica e visitas em propriedades que utilizam sistemas de aproveitamento do biogás a fim de conhecer a fundo o problema em questão e identificar as possíveis maneiras de soluciona-lo, baseado em cálculos foi estipulado à capacidade de biogás gerado pela planta e o consumo elétrico diário da propriedade. Em virtude a isso um layout foi definido, para que todo o biogás gerado na propriedade seja convertido em energia elétrica através da co-geração, com isso diminuindo o impacto ambiental e agregado valor ao biogás.

Palavras-chaves: energia renovável – biomassa – biogás - co-geração de energia.

A utilização de energias renováveis está mais presente em estudos e debates da sociedade. A conferência Rio + 20 das Nações Unidas, realizada em Junho de 2012 no Rio de Janeiro, teve como tema energias sustentáveis e cidades sustentáveis, o que vem de acordo com o aproveitamento de energias sem agredir o meio ambiente e isso torna cada vez mais intenso a utilização da biomassa na obtenção de energia. (MANSUR ALEXANDRE, 2012).

Os potenciais energéticos da biomassa alinhados com as perspectivas ambientais e socioeconômicas a tornam uma importante fonte alternativa para a substituição do petróleo, pois além de produzir energia, seu grande benefício é a utilização de enormes quantidades de lixo orgânico, efluentes líquidos e dejetos agrícolas, que deixam de agredir a natureza. (BLEY JR, 2009).

O Brasil está em um crescimento acelerado para se tornar umas das potências mundiais, iniciando o ano atual como a sexta potência econômica do mundo, e de acordo com as previsões de Perreira (2012), esse ano apenas servirá de alavanca para um crescimento ainda maior, podendo chegar como a quinta potência já no próximo ano.

Como consequência desse desenvolvimento, ocorre o crescimento populacional, impulsionando o aumento da produção de alimentos, e como em muitas regiões do país, na região noroeste do estado do Rio Grande do Sul a produção de suínos confinados vem aumentando. Esta prática de confinamento gera uma grande quantidade de dejetos, que liberam gás metano (CH4), também conhecido como o Biogás, um dos gases causadores do efeito estufa. Esses dejetos são um grande contribuinte para a poluição hídrica e atmosférica, e segundo a Agência de Proteção Ambiental Americana cerca de 14% do metano emitido na atmosfera é proveniente da produção de animais. (USEPA, 1994 apud EMBRAPA, 2006).

Com as iniciativas e investimentos motivados a partir do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo, propostos pelo Protocolo de Quioto, muitos projetos foram idealizados para simplesmente queimar o biogás sem aproveitamento energético.

 



(Ver trabalho completo)

 

Cristian Johann 
johann_cristian[arroba]hotmail.com

 
As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.