Gestão ambiental e Responsabilidade social: um estudo de caso na empresa Dpaschoal filial Uruguaiana

Enviado por Guilherme Boger


Partes: 1, 2, 3
  1. Introdução
  2. Revisão da literatura
  3. Metodologia
  4. Execução da pesquisa
  5. Conclusões e sugestões
  6. Anexos
  7. Referências

1 INTRODUÇÃO

Os principais agentes do desenvolvimento econômico de um país são as empresas, onde seus avanços tecnológicos e a grande capacidade de geração de recursos fazem com que cada vez mais precisem de ações cooperativas e integradas onde possam desenvolver processos que tem por objetivo a Gestão Ambiental e a Responsabilidade Social.

As empresas socialmente responsáveis, tem uma postura ética onde o respeito da comunidade passa a ser um grande diferencial. O reconhecimento destes fatores pelos consumidores e o apoio de seus colaboradores faz com que se crie vantagens competitivas e, consequentemente, atinja maiores níveis de sucesso.

A responsabilidade empresarial frente ao meio ambiente é centrada na analise de como as empresas interagem com o meio em que habitam e praticam suas atividades, dessa forma, uma empresa que possua um modelo de Gestão Ambiental já está correlacionada à responsabilidade social. Tais eventos irá de certa forma interagir com as tomadas de decisões da empresa, tendo total importância na estratégia empresarial.

Assim, a Gestão Ambiental e a Responsabilidade Social são atualmente condicionadas pela pressão de regulamentações e pela busca de melhor reputação perante a sociedade. A sociedade atual está reconhecendo a responsabilidade ambiental e social como valor permanente, consideradas fatores de avaliação e indicadores de preferência para investidores e consumidores.

Os investimentos destinados a Gestão Ambiental e a consciência da Responsabilidade Social pelas empresas são aspectos que fortalecem a imagem positiva das organizações diante dos mercados em que atuam, dos seus colaboradores, concorrentes e fornecedores.

    1. CARACTERIZAÇÃO DA ORGANIZAÇÃO E SEU AMBIENTE

No mundo globalizado em que vivemos, a relação entre empresas e a sociedade cada vez mais se estreita para haver uma relação de troca, onde ambas possam interagir entre diversos aspectos organizacionais e sócio-econômicos.

A empresa DPaschoal surge nesse contexto social, no ano de 1949, com a sua primeira loja, surpreendendo o público por ser uma "loja limpa", organizada e voltada para a satisfação do consumidor, inovou no seu segmento. Isso não existia na época: "lugar de pneu era lugar onde não havia limpeza, nem organização e, muito menos, preocupação com o atendimento ao cliente. Assim nascia a DPaschoal, já diferenciada desde o início".

Atualmente a empresa DPaschoal emprega cerca de três mil (3000) funcionários nas lojas e na administração central. Conta, ainda, com centenas de parceiros entre credenciados e recapagens, totalizando quinhentos (500) pontos-de-venda em sete (7) estados brasileiros.

A empresa destaca-se também na área de responsabilidade social e meio ambiente, através da Fundação Educar e da Garantia Ambiental Total.

Seus princípios são:

    1. integridade;
    2. responsabilidade financeira;
    3. qualidade total;
    4. diferenciação;
    5. aprendizagem contínua;
    6. parceria com colaboradores e fornecedores;
    7. cidadania.

Sua Missão:

"Garantir qualidade e segurança em serviços automotivos, gerando valor e desenvolvimento para os parceiros e para as comunidades onde opera".

Sua Visão:

"Ser líder nos mercados em que atua, sendo reconhecida como empresa diferenciada e de excelência, com padrão superior de qualidade".

Em Uruguaiana, a empresa foi inaugurada em 15 de agosto de 2001, trabalhando com uma linha de produtos e serviços leves destinada a automóveis de passeio, caminhonetes, sport utility e produtos e serviços da linha pesada, destinada ao uso de: caminhões, ônibus, tratores, veículos industriais. Os seus principais produtos são, pneus, rodas, amortecedores e baterias. Em serviços, trabalha com alinhamento de direção, balanceamento de rodas, troca de óleo, troca de pneus, entre outros.

Dados da empresa:

Razão Social: Comercial Automotiva Ltda.

Nome Fantasia: DPaschoal.

CNPJ: 45.987.005/0188-01.

Inscrição Estadual: 1530144032.

Data de Inauguração: 15 de agosto de 2001 (filial de Uruguaiana).

Endereço: Avenida Presidente Vargas, nº 4501, Centro/Uruguaiana-RS.

Número de colaboradores: Dez (10) Colaboradores em Uruguaiana.

Classificação da empresa: em nível federal está classificada como Sociedade por Cotas de Responsabilidade LTDA e, em nível estadual, como empresa de Médio Porte.

1.2 SITUAÇÃO PROBLEMÁTICA

1.2.1 Dados que dimensionam a problemática

As empresas atualmente buscam novas estratégias mercadológicas para a conquista e manutenção de clientes e para a identificação de novos nichos de mercados. A Responsabilidade Social e a Gestão Ambiental entram nesse contexto como aspectos que promovem oportunidades de negócio e não somente para efeito de cumprimento da legislação.

Vive-se num novo tempo onde ser uma empresa responsável torna-se vital para a sobrevivência organizacional. Empresas que não se adequarem a tal realidade terão desvantagens competitivas.

Após analise preliminar no ambiente organizacional da empresa DPaschoal de Uruguaiana, constatou-se a existência de projetos de Responsabilidade Social e de Gestão Ambiental, mas que ainda não são utilizados plenamente como diferenciais promotores da vantagem mercadológica competitiva.

1.2.2 Limites do trabalho

O trabalho limita-se ao estudo do melhor aproveitamento mercadológico de um diferencial competitivo da empresa DPaschoal Uruguaiana em um contexto regional.

1.3 OBJETIVOS

1.3.1 Objetivo geral

O objetivo do presente trabalho é descrever a política de Gestão Ambiental e de Responsabilidade Social da empresa DPaschoal de Uruguaiana, analisando-a, e verificando como ela pode proporcionar maior conscientização da sociedade sob esses aspectos, potencializando a imagem positiva da empresa e promovendo o seu diferencial competitivo.

1.3.2 Objetivos específicos

    1. Descrever a atual estratégia mercadológica da DPaschoal em Uruguaiana sob a ótica da Gestão Ambiental e da Responsabilidade Social.
    2. Verificar o nível de conscientização dos colaboradores sobre a importância das ações, referentes ao tratamento dos resíduos e a sua valorização como fator competitivo para a empresa.
    3. Verificar o perfil geral dos clientes e a importância atribuída aos esforços relativos a proteção ao meio ambiente que a empresa empreende.

1.4 JUSTIFICATIVA

1.4.1 Da oportunidade do trabalho

A necessidade de buscar novos clientes para as empresas faz com que o administrador pense em novas estratégias e novas ferramentas onde a Responsabilidade Social e a Gestão Ambiental tornam-se uma arma diferenciada para melhorias da imagem da organização perante novos consumidores. Atualmente os consumidores têm oportunidade de escolher os produtos e serviços das melhores empresas.

Em vista disso, é oportuno afirmar que retribuir seu sucesso para a sociedade através de benefícios sociais e ambientais gera uma nova realidade mercadologia para a empresa, que passa a ser vista como uma organização que pensa no futuro de seus consumidores, proporcionando a manutenção de boas condições de qualidade de vida.

1.4.2 Da viabilidade do projeto

O trabalho viabilizou-se por abordar um tema cujas as práticas são utilizadas na gestão da empresa DPaschoal, que se colocou disponível para a realização do mesmo, considerando-o de grande relevância organizacional e social.

Soma-se a isso a farta disponibilidade de publicações e temas dispostos na rede mundial de computadores, também por ser um assunto atual onde está inserido em âmbito mundial.

1.4.3 Da importância do projeto

A importância do tema está em mostrar de que forma a manutenção de uma política de Gestão Ambiental e Responsabilidade Social é vantajosa para as empresas e sociedade. Para a sociedade esta política garante melhorias na qualidade de vida e para a empresa gera novas oportunidades de negócios, um marketing social bastante favorável frente aos concorrentes e ganhos de competitividade que a diferenciará positivamente no mercado.

Considera-se que a importância do presente trabalho reside, basicamente, na oportunidade de estudar a relação entre proteção ao meio ambiente, responsabilidade social e empresa, e como essa relação pode ser aproveitada mercadologicamente.

Partes: 1, 2, 3

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.