Resources e Internacionalização usando Visual Studio.NET 2005 (Parte II)

Enviado por Mauricio Junior


Olá pessoal meu nome é Maurício Júnior, a parte II desse artigo falo e mostro com exemplos funcionais e ilustrativos a primeira forma de passar uma aplicação para ficar em multi-idiomas, isto é, inglês e português. Deixo claro que esse artigo é uma continuação, portanto, verifique primeiramente a parte I para depois verificar a parte II.

Uso o mesmo exemplo que foi utilizado no artigo parte I criado no dia 13/12/2005. Esse artigo mostra um sistema que já verifica qual a linguagem da máquina do usuário e já escolhe qual arquivo .resx utilizar na aplicação.

É de simples entendimento e ainda ficou mais fácil desenvolver com a ferramenta Visual Studio.NET 2005.

Antes de começar efetivamente o artigo, criei outra frase criptografada para você leitor, verificar e descriptografar. No final da trilogia do artigo sobre Resources e Internacionalização, terá um prêmio para quem descobrir as frases criptografadas. A dica é: utilizo criptografia dos tempos antigos.

Frase criptografada:

N Uhrtzj Rstchn.MDS ehbnt zhmcz ldjgnq bnl z udqrzn 1994, drstchn oqz uzjdq.

No artigo anterior, criei um arquivo.resx chamado MyString.resx, agora criei mais um artigo chamado MyString.en.resx. Da mesma forma que foi feito o arquivo MyString.resx, deve ser feito o MyString.en.resx. Para não tem muito re-trabalho, acabei copiando o mesmo e colocando no mesmo diretório usando a ferramenta, depois apenas renomeei o arquivo para MyString.en.resx. Deixo claro que não é bom nem aconselhável fazer isso dessa forma. Antes de desenvolver os arquivos, sempre falo que não existe mágica em relação à programação, ou seja, não tem como o programa desenvolver uma tradução automática para traduzir o seu sistema ou site. A não ser que seja feito um framework todo especializado para isso.

Acrescentei algumas chaves e valores dentro do arquivo MyString.resx.

Chave              Valor

MEUPC       MEU COMPUTADOR

PRINCIPAL   MEU VALOR

SEUPC       SEU COMPUTADOR

O arquivo MyString.en.resx, coloquei os mesmos nomes porém com outros valores.

Chave              Valor

MEUPC       MY COMPUTER

PRINCIPAL   MY VALUE

SEUPC       YOUR PC

Depois de configurar os arquivos da forma que desejei, dentro da classe default.aspx.cs criei dois labels onde poderei mostrar os valores conforme configurei anteriormente.

meu pc: <asp:Label ID="lblmeupc" runat="server"></asp:Label>

seu pc: <asp:Label ID="lblseupc" runat="server"></asp:Label>

Segue o código fonte da página default.aspx:

<%@ Page Language="C#" Culture="auto" UICulture="auto" AutoEventWireup="true" CodeFile="Default.aspx.cs" Inherits="_Default" %>


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.