Ação do espírito santo

Enviado por Jorge Sales


Partes: 1, 2, 3

  1. Resumo
  2. Histórico de pentecostes
  3. A pessoa do espírito santo
  4. Da natureza do espírito santo
  5. A plenitude do espírito santo
  6. Campo de atuação do espírito santo
  7. Conclusão
  8. Bibliografia

Saber o que está em nosso poder significa, principalmente, não se deixar arrastar pelas circunstâncias, nem pelos instintos, nem por uma vontade alheia, mas afirmar nossa independência e nossa capacidade de autodeterminação.

CHAUÍ

RESUMO

Este trabalho visa comprovar a verdadeira atuação do Espírito Santo na vida do cristão e no seu meio, diferenciando-se de algumas manifestações contrárias à luz da Palavra de Deus. E para esta exposição, no Capítulo I abordaremos o surgimento do Espírito Santo através do Pentecostes, que foi após a ascensão de Jesus Cristo. No Capítulo II apresentaremos a pessoa do Espírito Santo não só como única pessoa e sim como a Trindade que é o Pai, o Filho e o próprio Espírito Santo. No Capítulo III descreveremos os nomes, símbolos, o batismo e dons do Espírito Santo, justamente para entender e discernir quando se trata de ação do Espírito Santo ou manifestação diabólica. O Capítulo IV menciona a finalidade de ser cheio do Espírito Santo, qual é este propósito perante Deus para alcançar a plenitude. E por fim, o Capítulo V retrata a atuação do Espírito Santo na vida de Jesus Cristo, na Igreja e na vida do cristão, demostrando que a mesma ação e os mesmos efeitos que aconteceram na vida de Jesus, podem alcançar o cristão nos dias de hoje.

ABSTRACT

This paper aims to prove the true work of the Holy Spirit in Christian life and their environment, differing from some protests against the light of the Word of God. In addition, for this exhibition, in chapter I discuss the emergence of the Holy Spirit through Pentecost, which was after the ascension of Jesus Christ. In Chapter II we present the person of the Holy Spirit not only as one person, but also as the Trinity are the Father, the Son and the Holy Spirit himself. In Chapter III, we describe the names, symbols, baptism and gifts of the Holy Spirit, justly to understand and discern when it comes to the Holy Spirit or evil manifestation. The Chapter IV mentions the purpose of being filled with the Holy Spirit, what that purpose is to God to achieve fullness. Finally, the Chapter V portrays the work of the Holy Spirit in the life of Jesus Christ, in the Church and in the Christian life, showing that the same action and the same effects that happened in the life of Jesus, the can achieve the Christian in days today.

Capítulo I

Histórico de Pentecostes

Introdução ao Pentecostalismo

Pentecostalismo é uma forma de cultuar a Deus em Espírito e em Verdade, diferente de outras formas, pois, para pertencer a uma verdadeira Igreja Pentecostal, a pessoa deve entregar-se a Jesus Cristo e ser salvo por ele. Uma vez obtida à salvação, torna-se membro da Igreja Pentecostal, onde os salvo em Cristo se reúnem. Numa Igreja Pentecostal acredita-se na manifestação do poder de Deus através do Espírito Santo, seja para salvar, curar doenças, falar novas línguas, purificar, regenerar, etc.

Quando se fala de Pentecostal ou Pentecostalismo, se fala dos Evangélicos que acreditam na atuação direta do Espírito Santo através da manifestação dos dons espirituais. Pentecostal ou Pentecostalismo, deriva da palavra grega (Pentecostes) que significa "quinquagésimo" (cinquenta). Dentro das tradições judaica e cristã, o termo Pentecostes faz referência a segunda grande festa do ano judaico, a Festa das Semanas ou das Primícias, onde o ponto mais importante da festa era o "quinquagésimo" dia. Na Festa das Primícias (Semanas), toda colheita era dedicada a Deus. Êxodo 23.16; Levítico 23.15-21; Números 28.26-31. Esta festa se iniciou pouco tempo depois da saída do Egito com Moisés, e teve sua maior manifestação de caráter espiritual 50 dias depois da ressurreição de Jesus, onde 120 pessoas que esperavam no Cenáculo foram cheias do Espírito Santo.

1.1 - No Pentateuco

Declarar o propósito para o qual Deus enviou o Espírito Santo aos homens escolhidos durante o período descrito no Pentateuco.

Pentateuco é o nome dado aos cinco primeiros livros do Antigo Testamento: Gênesis, Êxodo, Levítico, Números e Deuteronômio. São frequentemente chamados de "Os Livros de Moisés", porque tradicionalmente são aceitos como tendo sido escritos por ele.

O Antigo Testamento praticamente, nada diz a respeito da personalidade do Espírito Santo, mas está cheio de suas obras milagrosas, a partir dos atos da criação, em Gênesis capitulo um.

Partes: 1, 2, 3

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.