Ambiente de negócios brasileiro: processo de abertura de uma empresa na cidade de Goiânia

Enviado por Welker Lopes Sales


  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Fundamentação teórica
  4. Metodologia
  5. Processos de abertura de empresa, descrição, análise dos resultados e sugestões
  6. Considerações finais
  7. Referências

EPÍGRAFE

"O sucesso nasce do querer, da determinação e persistência em se chegar a um objetivo. Mesmo não atingindo o alvo, quem busca e vence obstáculos, no mínimo fará coisas admiráveis" - José de Alencar.

RESUMO

Nesse trabalho é relatado e descrito o crescimento do empreendedorismo no Brasil e no mundo, bem como suas origens de estudo e desenvolvimento. Também é observado o perfil do empreendedor, com características singulares daqueles que buscam correr riscos calculados e expandirem suas oportunidades empresariais; as tendências para os que almejam a rotina do próprio negócio; o conceito e as características das micro e pequenas empresas e a lei complementar de número 123 de 14 de dezembro de 2006 que implementa o Estatuto Nacional delas. No trabalho relata-se ainda o estímulo necessário do Governo para criar um ambiente de negócios favorável ao crescimento do empreendedorismo e das criações de novas empresas. De acordo com os estudos abordados e autores renomados, foi feita uma pesquisa exploratória qualitativa com órgãos responsáveis pela iniciação de uma empresa e averiguado o ambiente em Goiânia para a sua implementação, comparando com os mesmos requisitos no Brasil, como prazo, documentação exigida e custo necessário.

Palavras-chave: Empreendedor. Ambiente de Negócios. Micro e Pequena Empresa.

INTRODUÇAO

Estudos modernos apontam o empreendedorismo como uma vertente em crescimento em todo o mundo, bem como novos cursos e métodos para o desenvolvimento do perfil empreendedor nas pessoas, estimulando características como: correr riscos calculados; necessidade de independência; autorrealização profissional e criação de novas ideias de produtos e serviços através da inovação.

Como perfil do empreendedor, um dos requisitos é a necessidade desse desejo absoluto de buscar tal independência em face aos desafios existentes no ambiente de negócios. Cada vez mais brasileiros buscam sua independência financeira através da abertura do próprio negócio, gerando empregos, rentabilidade e desenvolvimento econômico no mercado. Vive-se, atualmente, em uma época em que o empreendedorismo estimula as ideias a se tornarem negócios de sucesso.

No macro ambiente de negócios do Brasil, nota-se que, internacionalmente, os investidores vêem um atual cenário bastante atraente e promissor, como o aumento da comunidade acadêmica; empresas de grande importância no cenário mundial interessadas em utilizar alta tecnologia no país, além do crescimento econômico brasileiro. Com essas condições, cresce o número de pessoas interessadas em se tornar empresárias nesse ambiente.

Ao analisar o microambiente brasileiro, nota-se a incompatibilidade com o restante do mundo. O Brasil apresenta uma cultura empreendedora favorável, porém ainda não com o mesmo estímulo de outros países, pois de acordo o relatório criado pelo Banco Mundial (Doing Business), o país possui altas cargas tributárias, normas, procedimentos e leis desfavoráveis.

O Brasil ainda enfrenta um processo burocrático complexo e, junto a ele, a falta de capacitação profissional, de promoções de reformas fiscais, aumento de incentivos para a inovação e ausência de flexibilidade de políticas de trabalho.

No país o processo de abertura de uma empresa esbarra na grande burocracia, acarretando uma demora no processo e causando um atraso no desenvolvimento nacional, se comparado com o ambiente mundial onde é possível abrir uma empresa com menos tempo, custos e documentos.

Devido à falta de políticas favoráveis e informação sobre abertura de empresas, muitas pessoas abrem seu próprio negócio de forma irregular, trazendo a inexistência de arrecadação fiscal, o que gera somente custos e problemas para a sociedade e o Governo.

Entretanto, o Brasil está em busca de melhorias, através de medidas que promova o desenvolvimento empreendedor, como por exemplo, a criação de uma lei que unifica os impostos federais, estaduais e municipais (SIMPLES NACIONAL), além da categoria de microempreendedor individual (MEI), permitindo a abertura da empresa pela internet.

A forma mais simples encontrada pelo empreendedor para abrir seu negócio é a Micro e Pequena Empresa, pois através de uma empresa desse porte suas possibilidades de expansão aumentam. Esse tipo de empresa, no Brasil, tem sido de grande importância porque respondem pelo crescimento na geração de empregos no país, fazendo com que o Produto Interno Bruto (PIB) nacional aumente.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.