A capacidade de aprender e o ensino a distância



  1. Resumo
  2. Introdução
  3. O ensino a distância e os ambientes virtuais de aprendizagem
  4. O avanço tecnológico
  5. O humano e seu processo de aprendizagem
  6. Ensinar, aprender e a inteligência
  7. Análise hipotético interpretativo
  8. A capacidade de aprender
  9. A assimilação e acomodação do conhecimento
  10. Capítulo final
  11. Dicionário
  12. Bibliografia

PENSAMENTO

"(...) na atualidade não existe uma teoria psicológica capaz de explicar e resolver todos os problemas dos humanos e muito menos aqueles resultantes de sua integralidade existencial. Félix Diáz (2011, p.21)

RESUMO

O ensino a distância é uma modalidade de aprendizagem, para seres humanos, mediado por um computador ligado em rede.

Alguns pesquisadores determinaram como os humanos aprendem, assimilam e acomodam o conhecimento. Alguns deles: Jean Piaget (1896-1980), Erick Erickson (1902-1994), Lév Vigotsky (1896-1934) e segundo Paulo Freire (1921-1997) somos eternos ensinantes e aprendentes.

A questão suscitada neste trabalho traz a tona o elo entre o aprender e o ensino a distância, discutindo o fenômeno (epistemologia) com base em realidades abstratas dos autores citados e com base metodológica hipotético-dedutivo e hipotético interpretativo (Esteban, 2010), situado entre a inteligência proposta por Gardner (1983) dos humanos e a forma de transmissão do conhecimento.

INTRODUÇAO

O ensino a distância e os ambientes virtuais de aprendizagem são decorrentes das mudanças ambientais promovidas pelos humanos e por este motivo estamos cercados de equipamentos elétricos e eletrônicos, onde nos ajudam a alcançar novos conceitos e romper novos paradigmas sociais, culturais e rompendo tabus de nossa sociedade.

Esta mudança causou uma espécie de avanço tecnológico perceptível nos apresentando novas formas de aprender e ensinar, contudo, ainda em expansão evidente e veloz forçando ao sujeito em conhecer e ter acesso aos mais diversos tipos de conteúdos e a equipamentos: tablets, TV's inteligentes, carros, celulares e vários outros.

Toda esta parafernália eletrônica nos faz pensar em como os humanos são capazes de aprender e transmitir seu aprendizado e esse processo promove a aprendizagem no sujeito.

O homem e seu processo de aprendizagem perpassa em vários momentos internos de organização e ordenação, provocados por mecanismos externos aos quais está sujeito podendo ser inatas, ambientais e/ou naturais.

Contudo, temos o questionamento sobre o aprender, o ensinar e a inteligência. Todas estas etapas têm um significado e desenvolvimento apontando como cada uma é estimulada e catalogada.

Em nosso desenvolvimento natural, ambiental e inatista, percebemos nosso avanço em aprender e materializar este aprendizado, tornando-o em algo palpável, nos fazendo entender cada uma das etapas do desenvolvimento humano.

Este desenvolvimento nos faz andar para uma análise hipotética interpretativa diante das afirmações de vários autores e promovem uma consistência e estruturação da capacidade de aprender.

Essa, por sua vez, está ao alcance de todos aqueles seres possuidores de alguma forma de inteligência, independente de seu gênero, raça e/ou deficiência, todos avançam para o estágio de assimilação e acomodação do conhecimento.

Na acomodação e assimilação podemos chegar a uma dedução sobre a forma de transmitir e de aprender conteúdos ao qual tem transformado o professor e o aluno, elevando-os ao patamar de aprendente-ensinante e ensinante-aprendente, inovando conceitos já forjados em nossa sociedade.

CAPÍTULO I

O ensino a distância e os ambientes virtuais de aprendizagem

Hoje, o computador ligado em rede (Internet/Intranet), podem possibilitar ao sujeito acesso a vários dispositivos visuais de aprendizagem podemos classificá-los em: vídeos, hipertextos, imagens e/ou voz.

Dentro de cada um desses temos suas classificações, os vídeos podem ser classificados como filmes, videoaulas e vários derivados tornando sua catalogação bem extensa. A mesma coisa ocorre nos hipertextos, nas imagens e nas vozes, promovendo um apanhado de significados e significantes.

A Educação à distância pode ser realizada por correspondência, postal ou eletrônica, rádio, televisão, telefone, internet e outros. Sendo um termo abrangente, matem a relação de discussão de tempo e espaço dentro do processo educacional, porém não é obrigatoriamente dentro do ambiente da Internet.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.