O contributo da OUA aos movimentos de libertação nacional de Angola (1966-1975)



  1. Problema
  2. Objectivos
  3. Delimitação do tema
  4. Justificativa
  5. Estrutura do referencial teórico e bibliografia a ser utilizada
  6. Metodologia
  7. Anexos e apêndices

Problema

Ao longo das leituras realizadas em torno da temática em análise deparou-se com algumas questões. Dentre as diferentes uma servirá de pergunta chave.

Porquê os movimentos tinham de ter a designação de frente para serem reconhecidos na OUA?

Objectivos

Objectivos gerais:

Analisar a relação da OUA, com os movimentos de libertação nacional de Angola

Objectivos específicos:

Identificar ás vias que levaram cada um deste movimentos ao reconhecimento na OUA.

Compreender como se deu o processo de contributo aos movimentos

Estudar os diferentes mecanismos que possibilitaram este reconhecimento.

Delimitação do tema

O objecto de estudo deste trabalho são: os Contributos da OUA, aos movimentos de libertação de Angola de 1966-1975. Este objetivo de estudo cinge-se em analisar e compreender o apoio que este organização continental prestou aos movimentos de libertação de Angola, num período de luta para o alcance da independência e consequentemente sua afirmação no plano da política externa.

Justificativa

Achei melhor falar deste tema porque, reflete a grande importância que este organização continental, desempenhou e desempenha. Vai ajudar ainda aos estudantes das ciências humanas, e ao público em geral esclarecer o papel que a mesma tem levado em prol do continente

 

Estrutura do referencial teórico e Bibliografia a ser utilizada

O contributo da OUA aos Movimentos de Libertação Nacional de Angola, de 1966-1975.

M´BAH, Marthial, RIVALIDADES politica entre FNLA e UNITA.

2. MENDES, júlio, UM OLHAR SOBRE ÀFRICA.

3. PESTANA, Nelson. As dinâmicas da sociedade civil em Angola. Centro de Estudos africanos. Lisboa.

4. TOKAREVA, Zinaída, A Organização da Unidade Africana: 25 anos de luta, Edições Progresso, Moscovo, 1989

Reconhecimento da OUA, aos Movimentos de libertação nacional de Angola.

Angola- Contribuição da Génese do Nacionalismo moderno angolano- Estatuto da UPA.

ROBERTO, Holdem- pai do nacionalismo Angolano.

Estatuto do MPLA.

Estatuto da UNITA

Enquadramento Teórico.

3.1. Recolha de fonte.

3.2 Analise e critica das fontes.

Metodologia

Tipo de pesquisa

Sobre a metodologia neste projecto de pesquisa, usar-se-á uma pesquisa bilbiografica, a fim de confrontar as fontes para se poder avaliar, analisar e ter informações mais dignas.

Coleta de dados

São utlizados os seguintes instrumentos para coleta de dados: Analises documental, (Revistas científicas, Jornais e artigos), entrevistas e questionários. A entrevista será realizada com professores de historia, pessoas conhecedoras do referido assunto.

Analises de dados

Os dados serão efetuados no software word, e será escrita em forma de texto, já as entrevistas serão analisadas e apresentadas em forma de categoria.

Procedimentos metodológicos

  • Divisão das fontes

  • Fontes secundárias

  • Fontes orais


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.