O coordenador de academia nos dias de hoje



  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Mudança de hábito
  4. Metodologia
  5. Considerações finais
  6. Referencias

RESUMO

O coordenador de academia nos dias de hoje geralmente é o colaborador já contratado da empresa que muitas vezes que passa do cargo de professor ao cargo de liderança. Em muitos casos é o professor que mais se destaca dentro da empresa, tem um melhor relacionamento entre os clientes internos e os clientes externos. Quando assume o cargo de coordenação suas tarefas além de muitas vezes dar aulas, é de captar novos alunos, reduzir gastos, liderar uma equipe interna, entre outros muitos afazeres. Uma vez que esta função é bem exercida o coordenador se torna peça chave no crescimento da empresa.

É fato que o número de academias no Brasil cresce a cada ano, e cada academia tem sua estrututa gerencial e organizacional de funcionamento. Uma pessoa em especificio responsavel pelo bom funcionamento e sucesso da academia é o coordenador da academia. Neste sentido este trabalho de carater bibliografico tem por objetivo descrever qual a importancia deste profissional dentro da empresa academia. Partindo da percepção de que os frequentadores de academias estão ficando cada vez mais exigentes quanto a qualidade dos serviços prestados e produtos oferecidos. Neste sentido as correntes metodologicas apresentadas neste trabalho, tem como objetivo esclarecer qual o papel dos coordenadores de academias e como eles influenciam no funcionamento da empresa, expondo vantagens e desvantagens e resaltando a importancia de se ter um coordenador com competencias para liderar.

Palavras-chave: Academia.Coordenador. Lider.

1 Introdução

Para Monteiro (1996), o mundo moderno oferece tecnologia e serviços que não eram oferecidos no passado. Cada vez mais se substitui o difícil pelo fácil, em relação à vida diária: usa-se o elevador, ao invés de subir as escadas, utiliza-se o automóvel mesmo para pequenas distancias e todo aparato de eletrodomésticos para facilitar sua vida. Situações cotidianas, que exigiam grande solicitação muscular, foram substituídas por exigências quase nulas. Segundo Saba (2001), quanto mais sedentárias, apressadas, estressadas e debilitadas pelo modo de vida moderno, mais pessoas procuram um idílio de paz e saúde que lhes é traduzido pelo exercício físico. Procura-se uma saída para os prejuízos causados pelo estilo de vida contemporâneo, como o acentuado sedentarismo, uma nutrição desbalanceada e os vícios como o fumo e o álcool, cada vez mais presentes nas sociedades atuais. Segundo a pesquisa VIGITEL(Vigilância dos Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico) 2013, o percentual de pessoas que praticam atividades físicas durante o tempo livre passou de 30,3% para 33,8% nos últimos cinco anos. Isso representa um crescimento de 11% no número de pessoas que no tempo livre praticam exercícios. "O aumento da atividade física é um fator determinante para uma sociedade mais saudável", comentou o ministro da saúde, Arthur Chioro. Percebemos também, que a preocupação com a saúde e qualidade de vida tem crescido muito e ganhado mais visão dentro da mídia e na sociedade, um exemplo é a criação do programa bem-estar, pela emissora de TV Rede Globo em 2011.Segundo o relatório da IHRSA Global Report 2014, o Brasil é o 2° pais com o maior número de academias, com 30.767, só perde para o líder Estados Unidos com 32.150 academias. E tem mais, a taxa de crescimento no número de academias nos Estados unidos está praticamente estável, enquanto o Brasil tem taxas de crescimento altas, o que pode apontar que no próximo ano o Brasil pode superar os EUA. É sabido, também que as academias gerenciadas por sistemas administrativos arcaicos não conseguem competir com as empresas que direcionam seu enfoque para a qualidade, afirma Nogueira (2000). Segundo Albreccht e Brad Ford (1992), vive-se hoje, num mercado muito competitivo, o que leva a buscar a sobrevivência aliando esforços de toda a equipe envolvida no processo de prestação de serviços, na direção da qualidade. Conforme Paula (1999), a qualidade está relacionada ao resultado de como o cliente percebe e reconhece o valor nos produtos e serviços. Cada organização tem uma definição diferente para a qualidade, mas é a definição do cliente que realmente interessa. Leonardo Allevato (2011), dentro de uma empresa de fitness, principalmente no segmento de academias de ginástica, podemos definir quatro cargos bem distintos, que formam uma pirâmide de atuação com funções bastante especificas: proprietário, gerente, coordenador e professor. Portanto o sucesso das empresas depende da satisfação do cliente e da qualidade dos serviços prestados, neste trabalho vamos analisar o papel do coordenador de academia, dentro desta estrutura.

2 MUDANÇA DE HÁBITO.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.