Dependência química e sua relação com a violência e o sistema escolar



  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Revisão bibliográfica
  4. Critérios DSM-IV para abuso de substâncias estimulantes
  5. As drogas no ambiente escolar
  6. Conceito de violência
  7. Considerações finais
  8. Referências bibliográficas

RESUMO

O presente artigo tem por objetivo identificar como a dependência química e a violência no entorno escolar interfere no processo de desenvolvimento emocional, cultural e no ensino – aprendizagem, tendo por base os aspectos do contexto social, identificando os tipos de drogas e os tipos de violência, seu conceito e suas causas e ressaltando ainda o papel dos profissionais de saúde e da escola frente a este problema. O trabalho será realizado por meio de pesquisa bibliográfica, procurando apresentar o conceito de violência e dependência química na visão de autores como: Chauí (1995), Abramovay (2005), Carreira (2005), Debarbieux, e Blaya (2002), Odália (1991), Calini (1993) e outros. O trabalho será encerrado analisando o papel dos profissionais frente ao aumento do índice de dependentes químicos na fase da adolescência que estão levando a violência, onde se mostrará que a dependência química e violência começam no ambiente familiar e repercute na escola e esses profissionais, devem juntos, procurar estratégias para solucionar o problema ou ao menos amenizar, tendo em vista que o objetivo maior é o desenvolvimento pessoal do adolescente. Para envolver a família e a escola, os profissionais podem promover atividades onde todos possam participar.

Palavras-chave: Dependência Química. Violência. Ambiente escolar.

ABSTRACT

This article aims to identify how substance abuse and violence in the school environment interferes in the process of emotional, cultural and teaching - learning, based on aspects of the social context, identifying the types of drugs and the types of violence , its concept and its causes and also emphasizing the role of health professionals and front school to this problem. Work will be performed by means of literature, trying to present the concept of violence and substance abuse in the authors view as: Chau (1995), Abramovay (2005), Career (2005), Debarbieux, and Blaya (2002), Odalia ( 1991) Calini (1993) and others. The work will be closed analyzing the role of the professionals in the increase of drug addicts index during adolescence that are leading to violence, which show that drug addiction and violence begin in the family environment and affects the school and these professionals should together seek strategies to solve the problem or at least mitigate, given that the ultimate goal is the personal development of adolescents. To involve the family and the school, professionals can promote activities where everyone can participate.

Keywords: Chemical Dependency. Violence. School environment.

Introdução

Sempre que abordamos pontos relacionados à dependência química e a violência, o contexto se torna complicado, especialmente quando se remete a realidade de adolescentes em fase escolar. A violência e a dependência química constituem-se como um dos mais graves problemas sociais, que refletem na escola, onde professores e alunos vivenciam no seu cotidiano diferentes formas de depredação do corpo, da moral, das crenças, da cultura e da família. Sendo assim, esse trabalho procurará discorrer sobre a violência e a dependência química no sistema educacional, tema muito preocupante e que ocorre cada vez com mais frequência na sociedade.

Ao enfocar os tipos de drogas estimulantes existentes e predominantes no contexto escolar, a nós cidadãos e profissionais da área, cabe a responsabilidade de elaborar estratégias que levem a solução ou amenização do problema relativo à prevenção e combate às drogas.

Desta forma, parte desta pesquisa se baseou em discussões sobre conceituar a dependência química, principalmente no contexto das drogas estimulantes do Sistema Nervoso Central, e para demonstrar o objetivo deste trabalho nos baseamos em dados bibliográficos sobre a inserção das drogas no ambiente escolar.

Já a questão da violência atinge a vida e a integridade física e moral dos indivíduos na sociedade e é constituída como uma das maiores preocupações na atualidade. A violência constitui-se como um dos mais graves problemas sociais, que reflete na escola, onde professores e alunos vivenciam no seu cotidiano diferentes formas de violência: física, psicológica, sexual e outras.

O objetivo desse estudo é identificar como estes temas são influentes no ambiente escolar, tendo por base os aspectos do contexto social e identificando os tipos de violência e os tipos de drogas que mais geram problemas neste ambiente.

Por acreditar ser um problema que necessita ser estudado extremamente, tendo em vista a necessidade de conhecer os aspectos que causam a violência e levam a dependência química, envolvendo todos os segmentos da sociedade e consequentemente o ambiente escolar, é que se justifica a escolha desse tema.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.