Desenvolvimento infantil: o brincar e o aprender no pré-operatório



Partes: 1, 2, 3

  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Desenvolvimento infantil
  4. A importancia do brincar no processo lúdico
  5. O brincar e o aprender no período de 2 a 7 anos
  6. Metodologia
  7. Considerações finais
  8. Referências

Monografias.com

"Tenho a impressão de ter sido uma criança brincando à beira-mar, divertindo-me em descobrir uma pedrinha mais lisa ou uma concha mais bonita que as outras, enquanto o imenso oceano da verdade continua misterioso diante de meus olhos".

(ISAAC NEWTON)

RESUMO

O presente trabalho é resultado de uma pesquisa exploratória do tipo bibliográfica com o objetivo deestudar o brincar no desenvolvimento infantil no período pré-operatório. Caracterizando este período dentro do desenvolvimento infantil; delineando suas brincadeiras e suas peculiaridades assim como verificando como o brincar se torna um elo para o desenvolvimento infantil no período pré-operatório. Para autores como Piaget, Vygotsky, Vitor da Fonseca, Kishimo, Wallon e Winnicotto ato de brincar possibilita a construção do seu eu interno através do processo de aprendizagem da criança com o seu mundo exterior, além de facilitar a construção da reflexão, da autonomia, da criatividade, das aquisições motoras, cognitivas, sociais e afetivas. O estudo permitiu concluir que o brincar constitui-se num espaço de aprendizado onde à medida que a criança brinca desenvolve-se nas áreas cognitiva, social, afetiva e motora garantindo uma infância saudável e as aquisições necessárias para uma vida adulta de sucesso.Mediante tal explanação do tema espera-se contribuir para os estudos científicos relacionados ao desenvolvimento infantil e o brincar, ampliando a visão das possibilidades de utilizá-locomo atividade estimuladora do aprendizado e desenvolvimento infantil, visualizando a mesma como um meio criador na qual a criança ao explorar passa a ser o autor principal da sua história.

Palavras- Chave: Brincar. Aprender. Pré-operatório.

ABSTRACT

The present work is the result of ansearch exploratory bibliographic type that aims to study the play in child development in the preoperative period. Characterizing this period within of childhood development; outlining their play and their peculiarities as well as checking why the play becomes a link to child development in the preoperative period. For authors such as Piaget, Vygotsky, Vitor da Fonseca, Kishimo, Wallon and Winnicott the act of playing allows the construction of their inner self through the learning process of the child with his outside world, besides facilitating the construction of reflection, autonomy, creativity, motor skills, cognitive, social and affective. The study allow to conclude that the play is a space of learning when as the child plays develops in cognitive, social, emotional and motor ensuring a healthy childhood and acquisitions necessary for a successful adult life. Upon such explanation of the subject is expected to contribute to the scientific studies related to child development and play, expanding the vision of the possibilities of using it as stimulating activity of learning and child development, viewing it as a medium in which the creator to child explore becomes the principal author of its history.

Keywords: Play. Learn. Preoperative period.

1 INTRODUÇAO

O desenvolvimento é um conceito amplo que se refere a uma transformação complexa, contínua, dinâmica e progressiva, que inclui, além do crescimento, a maturação, a aprendizagem e os aspectos psíquicos e sociais (MINISTÉRIO DA SAÚDE, 2002).

Conforme Filho (2004, p.10), cada criança tem seu modo de se desenvolver, ou seja, os limites fixados de idade são simples indicações, pois o desenvolvimento da criança é contínuo e insensivelmente progressivo. Uma vez que as fases do desenvolvimento são constantes, e após uma fase, virá normalmente a outra, no entanto sem ter um limite cronológico. O que diferencia o desenvolvimento de uma criança para a outra e as aquisições que irão obter em cada fase desse desenvolvimento são os estímulos que lhes são dados e como esta criança irá transformá-los em aprendizado.

Segundo o grande teórico Jean Piaget o desenvolvimento infantil é dividido em períodos, entre estes se encontra o período pré-operatório que compreende a faixa etária de 2 a 7 anos, onde a criança passa a adquirir a capacidade de transformar esquemas de ação em esquemas mentais, é chamada a função simbólica. Para Piaget (1976), significa que, agora, a criança é capaz de duplicar objetos ou acontecimentos por uma palavra, por um gesto, por uma lembrança, ou seja, é capaz de evocá-los em sua ausência. Este período possui características marcantes como o egocentrismo, animismo sendo comum a criança se apresentar centralizadora, trasdutível, irreversível e antitransformadora. Compreende também o período do desenvolvimento da linguagem, da brincadeira simbólica, da imitação e do início da vida escolar.

Partes: 1, 2, 3

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.