O fim do mundo



Partes: 1, 2, 3

  1. O que é escatologia
  2. Israel no plano escatológico
  3. As setenta semanas de Daniel
  4. Conceitos milenistas
  5. Conceitos tribulacionistas
  6. Principio das dores
  7. O arrebatamento
  8. A igreja no céu
  9. A grande tribulação
  10. Armagedom
  11. O milênio
  12. Batalha final
  13. Juízo final
  14. Eternidade
  15. Cidade celestial
  16. Nova terra
  17. Conclusão
  18. Questionário, reflexão e memorização
  19. Referências

I – O QUE É ESCATOLOGIA

Sem dúvida alguma o universo caminha para um destino desconhecido para a maioria. Os tumultuados acontecimentos mundiais despertam no homem uma indagação: "O que sucederá ao mundo no decorrer das próximas décadas?" "Onde nos levarão os grandes movimentos ocorridos na religião, política, e na sociedade dos últimos tempos?" Em todas as áreas da vida tem surgido um ponto de interrogação a respeito do destino das nações, da família, da economia e de tudo enfim. Nesta hora surgem os astrólogos, os videntes, os futurólogos e outros que se intitulam profetas, procurando predizer ao povo os futuros rumos do mundo.

Daí vem-nos a pergunta: É seguro entregarmos toda a nossa confiança a respeito do futuro nas mãos de meros homens? Não há uma fonte mais segura sobre o que aguarda o futuro do mundo?

Geralmente nossa curiosidade nos impede de perceber e de nos perguntar por que deveríamos dar a meros homens tanta confiança, em vez de crer que somente o que virá amanhã. Está na hora de deixarmos de perguntar aos homens sobre o futuro e procurar saber o que Deus nos deixou revelado em sua palavra: "Assim diz Javé, o Santo de Israel, aquele que o formou; perguntai-me as coisas futuras: demandai-me acerca de meus filhos e acerca da obra de minhas mãos." (Isaías 45.20). Aquele que criou os céus, que fundou a terra e pôs nela o homem, é o único que pode nos dizer com segurança que rumo este universo irá tomar.

Por inúmeras vezes na Bíblia veremos Deus predizendo o futuro: O cativeiro de Israel no Egito, seu retorno à terra de Canaã, a dispersão dos judeus por todas as nações, a queda de grandes reinos como a Babilônia, ou grandes cidades como Nínive foram as coisas que Deus, direta ou indiretamente, previu vários anos antes que acontecessem. Somente a respeito da vida de Cristo, houve centenas de predições que se cumpriram à risca em sua vida terrena.

Por tudo isso, a Bíblia deve ser vista, não só como um livro que proclama a salvação ou que revela Deus ao homem, mas também como um livro que anuncia-nos as coisas que hão de vir. Esta parte da revelação divina recebe o nome de Escatologia (ESKATOS: últimas, LOGOS: doutrina, ensino). Assim Escatologia é a doutrina das últimas coisas.

A escatologia bíblica se ocupa em definir e explicar os eventos futuros nos quais Israel, a Igreja, e as nações estarão envolvidas no decorrer dos anos. Abrange desde os sinais dos tempos até a consumição de tudo na eternidade.

Nos últimos anos a escatologia tem sido largamente debatida e discutida. Tem-se feito largos trabalhos no campo de pesquisas bíblicas sobre esse assunto, o que levou a conclusões bem mais definidas, do que as que se tinha anteriormente. Podemos dizer por isso que a escatologia é o tema bíblico em maior desenvolvimento atualmente e que tem despertado maior interesse por parte dos cristãos.

Iremos então expor todo um curso a respeito de escatologia, definindo também algumas tendências diferentes das aceitas pela maioria dos evangélicos e compara-las com as da Bíblia. Este tratado, porém, falará alguns assuntos ligados a escatologia bíblica, que embora não sejam uma descrição completa da mesma, visa esclarecer algumas questões importantes afim de que haja uma maior compreensão dos assuntos subsequentes.

Monografias.com

Os cristãos de qualquer país do mundo provavelmente já ouviram falar de coisas como o "fim do mundo" ou " juízo final" e até mesmo sobre "a vinda de Cristo", porém, além da maioria ter um conhecimento muito limitado sobre este assunto, muitos entendem de forma errada a escatologia. Vejamos, contudo, que um estudo das profecias bíblicas irá tirar todas as dúvidas do estudante. Os impérios mundiais

Partes: 1, 2, 3

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.