Iniciativas locais de desenvolvimento: o caso dos municípios de São Paulo e do ABCD



Partes: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Os novos paradigmas da geografia económica e do desenvolvimento regional e local
  4. Enquadramento sócio-económico-territorial dos municípios de São Paulo e do ABCD
  5. Iniciativas locais de desenvolvimento nos municípios de São Paulo e do ABCD
  6. Notas finais
  7. Bibliografia

RESUMO

O centro da geografia económica brasileira variou de posição ao longo dos séculos, em função dos diversos ciclos de produção-exportação de produtos primários. Pelo que, foi apenas no século XIX que São Paulo, graças à importância do cultivo do café, começou a ganhar a relevância que actualmente tem a nível económico e demográfico no Brasil.

Porém foi apenas nas décadas de 30 e, principalmente, de 50, que São Paulo (e a sua Região Metropolitana) surgiu como o principal pólo industrial do Brasil. Foi precisamente o "Plano de Metas" do Presidente Juscelino Kubitschek que, na década de 50, levou à introdução massiva de indústrias transformadoras, com destaque para a indústria automóvel, na periferia industrial localizada a sudeste de São Paulo conhecida como ABCD e correspondente aos municípios de Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra.

São Paulo é a maior metrópole da América do Sul e uma "Cidade Global", nomeadamente se considerarmos as suas infra-estruturas modernas, a oferta de serviços de padrão mundial e a concentração de funções de coordenação e comando associadas a empresas transnacionais. Não obstante, é também a "Metrópole das Desigualdades", com um processo de urbanização caótico, um parque habitacional maioritariamente degradado e com elevados índices de pobreza e exclusão social.

Com as crises petrolíferas, ocorridas na década de 70, começa a esboçar-se no ABCD um processo de reestruturação produtiva que tem conduzido a que algumas indústrias abandonem esta área. No entanto, se o processo de reconversão industrial permitir uma exploração mais eficaz das "economias de aglomeração", julgamos estarem reunidas as condições para o fomento de estratégias territoriais de Desenvolvimento baseadas em factores locais e endógenos.

De facto, as mais recentes teorias e políticas de Desenvolvimento Regional e Local parecem privilegiar as medidas em que o poder político local/regional interage e estabelece parcerias com outros actores intervenientes no território: Governo, empresas, instituições financeiras, associações empresariais, cooperativas, organizações não-governamentais e movimentos cívicos.

Neste sentido, a presente dissertação apresenta um conjunto de iniciativas locais de desenvolvimento, referentes à área em estudo, capazes de contribuir para a resolução dos problemas detectados.

Palavras-Chave: Brasil, São Paulo, ABCD, Desenvolvimento Local, Desenvolvimento Endógeno.

ABSTRACT

The centre of brazilian economic geography changed over the centuries, depending on the several production-exportation cycles of primary products. For that, it was only in the 19th century that São Paulo, thanks to the importance of coffee production, began to have the current relevance in economic and demographic terms in Brazil.

But it was only in 30"s and, especially, in the 50"s, that São Paulo (and its Metropolitan Region) became the main industrial hub of Brazil. It was precisely the "Plano de Metas" of President Juscelino Kubitschek that, in the 50's, led to the introduction of mass manufacturing industries, with emphasis on the automobile industry, located in the southeast industrial periphery of São Paulo known as ABCD and corresponding to the municipalities of Santo André, São Bernardo do Campo, São Caetano do Sul, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires and Rio Grande da Serra.

São Paulo is the biggest city in South America and a "Global City", particularly considering its modern infrastructure, the provision of world standard services and the concentration of coordination and command functions associated with transnational corporations. Nevertheless, it is also the "Metrópole das Desigualdades", with a chaotic process of urbanization, a largely dilapidated housing and with high levels of poverty and social exclusion.

With the oil crises, which occurred in the 70"s, the ABCD starts a process of productive restructuring that has led to some industries leaving the area. However, if the process of industrial reconversion allows a more efficient exploitation of the "economies of agglomeration", we believe that the conditions are met for the promotion of territorial development strategies based on local and endogenous factors.

Indeed, the latest Regional and Local Development theories and policies, seem to give priority to measures where the local/regional political power interacts and establishes partnerships with other territorial actors: government, companies, financial institutions, business associations, cooperatives, non-governmental organizations and civic movements.

Partes: 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.