Século XXI: A presença de jovens escritores no sistema literário do Grande Do Sul



  1. Resumo
  2. Introdução
  3. A importância da literatura
  4. A importância dos novos escritores
  5. Daniel Galera
  6. Daniel Pelizzari
  7. Fabrício Carpinejar
  8. Paulo Scott
  9. Carol Bensimon
  10. Autores gaúchos
  11. Conclusão
  12. Referências

RESUMO

A literatura promove no homem o desenvolvimento de sua intelectualidade, proporcionando-lhe um equilíbrio moral e psicológico, bem como uma maior integração com a realidade que o cerca, e é na escola que ela exerce a sua função por excelência. Esta monografia argumenta sobre a importância da literatura, tanto na construção do homem, quanto da sociedade, atentando para a necessidade vigente de despertar o interesse do jovem pela leitura, na intenção de contribuir para a reversão da realidade atual que retrata a indiferença deste enquanto leitor acarretando em dificuldades de aprendizagem, de compreensão e produção textual. Objetivando a motivação desses, o presente trabalho propõe a inclusão da leitura de novos autores, a fim de que os discentes tenham acesso a outras obras, além das "leituras obrigatórias" impostas pelo vestibular, e, pela afinidade - relação supostamente sustentada pela semelhança de linguagem, temática, contexto e idade (considerando que a idade foi um dos critérios deste trabalho e os autores escolhidos tem em média 35 anos) – possam não só encontrar satisfação e prazer na literatura, chegando a transformá-la em um hábito perene, como também adquirir certa experiência literária, que fará com se apropriem efetivamente das obras clássicas, facilitando a compreensão e elaboração de textos próprios. Realiza, então, a identificação de alguns novos escritores do século XXI, no Rio Grande do Sul, bem como de suas obras, a fim de indicar aos professores, autores pelos quais possam iniciar seu empreendimento em busca da renovação, visando o benefício do aluno.

Palavras-chave:

Literatura; formação do homem; função social; escritores; movimento literário gaúcho séc. XXI, a importância de; livro; círculo literário; novos autores; literatura gaúcha; biografia.

INTRODUÇÃO

Um dos temas mais difundidos e incentivados hoje pela mídia é a importância da leitura e os benefícios que esta pode trazer. Ao mesmo tempo em que se apregoam os livros como relevante instrumento na formação do estudante e, consequentemente, do homem em si, a literatura passa por uma situação explícita de rejeição e os motivos de tal incongruência não são fatores isolados. Figuram, logo, o resultante de conjunturas complexas e diversas, acrescidas ao longo de um percurso.

Em vista dessa realidade paradoxal e seguros de que a solução para o panorama exposto dar-se-á de forma semelhante, ou seja, pela soma de pequenas ações a fim de transformar um todo, o presente trabalho objetiva colaborar de forma singela, mas significante, com a ressurreição da leitura não só como instrumento de aprendizagem, mas prioritariamente como veículo de prazer.

A vigente monografia, titulada "Século XXI - A presença de jovens escritores do Rio Grande Sul", intenta contribuir, então, para a reversão desta situação-problema. Acertando que um dos fatores determinantes à marginalização da literatura, principalmente entre os jovens, seja a indução de leituras de obras complexas, antagônicas ao contexto ao qual o jovem está inserido, propõe, a inclusão de novos autores, a fim de que os discentes conheçam outras obras, além das "leituras obrigatórias", impostas, geralmente e não determinantemente, pelo vestibular.

Conscientes de que o crescimento e êxito do homem devem ser constantes, não se limitando ao âmbito escolar, é enquanto aluno que tal percepção deve ser estimulada, para que a leitura torne-se um hábito e não uma enfadonha tarefa, e está nas mãos dos professores realizar tal façanha.

O presente trabalho é relevante para a identificação dos novos escritores do nosso estado, ainda fora do cânone literário, mesmo que sucintamente. Organiza o perfil desses escritores com a finalidade de fazer um levantamento sobre o fazer literário contemporâneo. Levanta a possibilidade desses escritores servirem aos professores como dica de leitura a seus alunos, ofertando uma ferramenta a mais na tarefa, do docente, de estimular no discente o hábito e gosto, tanto pela leitura como pela elaboração de textos próprios.

Para o desenvolvimento do presente projeto que pretende analisar e identificar os escritores jovens do Rio Grande do Sul, traremos os conceitos de autores que afirmam a importância social da literatura, como por exemplo Antonio Cândido, importante estudioso, ensaísta, professor universitário e um dos principais críticos literários brasileiros. Abordaremos, ainda, os conceitos de literatura apontados por Mariza Lajolo no seu livro Literatura: Leituras e Leitores, bem como as teses desenvolvidas e proferidas em palestras sobre literatura como prática pedagógica, por doutores e professores de biblioteconomia, reunidas pela Fundação da Biblioteca Nacional sob o título de A leitura como prática pedagógica na formação do profissional de educação.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.