Modelo da profundidade efetiva do sistema radicular na cultura de milho em função de graus-dia acumulados

Enviado por Paulo Augusto Manfron


Resumo: O manejo racional do solo é importante para o crescimento e distribuição radicular favorecendo o aproveitamento eficiente de água no processo produtivo. O modelo proposto é uma modificação do modelo de BORG & GRIMES (1986), e foi comparado aos modelos de BORG & GRIMES (1986), RASMUSSEN & HANKS (1978), SCHOUWENAARS (1988), que propõem modelos sigmoidais para a determinação da profundidade efetiva do sistema radicular, e os modelos sigmoidais de DOURADO NETO & JONG VAN LIER (1991) e SUBBAIAH & RAO (1993) que sugerem a utilização de parâmetros empíricos para explicar a inter-relação de cultura com o meio. O modelo proposto de simulação de crescimento radicular foi o que melhor se ajustou aos dados experimentais ao longo do ciclo de desenvolvimento da cultura de milho, levando em consideração a minimização da soma dos quadrados dos resíduos e os valores extremos de profundidade efetiva do sistema radicular (valores inicial e final).

Palavras-chave: modelagem, distribuição radicular, índice térmico.

Abstract:The rational soil management is important for root growth related to efficient water use in the agricultural production system. The proposed model is a modification of the BORG & GRIMES (1986) model.

It was compared with the BORG & GRIMES (1986), RASMUSSEN & HANKS (1978) and SCHOUWENAARS (1988) sigmoidal models and with the models proposed by DOURADO NETO (1991) and SUBBAIAH & RAO (1993) that use empirical parameters to explain the relationship between crop and environment. The proposed model for root growth simulation was the best to fit the experimental data using maize crop relative development as independent variable, minimizing the SQE and computing the extreme values of initial and final effective root depth values.

Key words: modeling, root distribution, thermic index.

Introdução

Os modelos procuram representar processos que ocorrem num sistema real, podendo simulá-los, e esses podem ser determinísticos ou estocásticos (DOURADO NETO, 1999).

A variação temporal do crescimento e desenvolvimento radicular pode ser modelada utilizando modelos empíricos ou mecanísticos (SUBBAIAH & RAO, 1993).

A quantidade de água disponível para a cultura encontra-se na dependência da profundidade explorada pelas raízes; da capacidade de armazenamento de água do solo; e, da densidade radicular da planta.

Assim, o manejo racional do solo e da cultura apresenta importância para o crescimento e distribuição do sistema radicular, favorecendo o aproveitamento eficiente da água no processo produtivo. A ocorrência de moderadas deficiências de água, no início do desenvolvimento da cultura, pode concorrer para estimular um maior desenvolvimento radicular das plantas, desde que o solo, abaixo de 20 cm da superfície, tenha água armazenada e disponível para as plantas.

A profundidade efetiva de raízes raramente ultrapassa 30 cm em regiões tropicais, podendo ir até abaixo de 1,0m em regiões de clima temperado (SAAD, 1991).

O estudo da profundidade efetiva do sistema radicular de uma cultura requer métodos destrutivos, trabalhosos e muito demorados. Com o objetivo de simplificar tal avaliação, desenvolveu-se um método prático computacional para estimar a profundidade efetiva do sistema radicular da cultura de milho em função de graus-dia acumulados ao longo do período de cultivo.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.