Atributos químicos do solo, crescimento radicular e produtividade do arroz de acordo com a aplicação de escórias



Artigo original: Pesq. agropec. bras.,  Brasília,  v. 39,  n. 12,  2004.

RESUMO: Resíduos industriais são fontes alternativas de nutrientes para as plantas e sua utilização decorre da necessidade de diminuir o acúmulo dos resíduos nos centros de produção. O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de escórias de siderurgia nos atributos químicos do solo, no desenvolvimento e na produtividade de grãos do arroz de terras altas irrigado por aspersão. O delineamento experimental foi em blocos casualizados, com três tratamentos constituídos de duas escórias, alto-forno (196 g kg-1 de Si) e aciaria (56 g kg-1 de Si), e a testemunha sem aplicação, com oito repetições. As escórias podem ser usadas como corretivo de acidez do solo e como fonte de silício. As alterações nos atributos químicos do solo estão relacionadas com a composição química das escórias. A escória de alto-forno proporcionou maior crescimento radicular em profundidade e melhor distribuição no perfil do solo e, conseqüentemente, maior produção de massa de matéria seca da parte aérea e produtividade de grãos de arroz.

Termos para indexação: Oryza sativa, resíduo industrial, comprimento radicular, acidez, silício.

ABSTRACT: Use of industrial residues as alternative sources of nutrients to the plants is due to the necessity of reducing their accumulation in the production sites. The objective of this work was to evaluate the effect of metallurgy slag in soil chemical attributes, in development and in grain yield of upland rice sprinkler irrigated. The experiment was carried out in a randomized block design, with three treatments constituted by two scums, blast furnace (196 g kg-1 of Si) and steel slag (56 g kg-1 of Si), and a control without application, with eight replications. The scums can be used as corrective of soil acidity and silicon source. Alterations in the soil chemical attributes are related to the chemical composition of the scums. Blast furnace slag resulted in higher root growth in depth and better distribution in the profile soil provides higher shoot dry matter yield and grain yield.

Index terms: Oryza sativa, industrial residue, root length, acidity, silicon.

Introdução

O aproveitamento agrícola de resíduos industriais como a escória de siderurgia é pouco utilizado no Brasil, apesar da grande quantidade disponível, aproximadamente 3 milhões de toneladas anualmente. Em várias partes do mundo, porém, esse processo é estudado e utilizado (Prado & Fernandes, 2001).

Escórias são resíduos da indústria da fundição do aço e do ferro-gusa. A escória de alto-forno é o resíduo do processo siderúrgico que tem como primeira etapa a obtenção do ferro bruto e impuro — ferro-gusa — por meio da redução do minério de ferro, enquanto a escória de aciaria é obtida no processo de produção do aço pela utilização do ferro-gusa, processo que exige menor grau de impureza (Prado et al., 2001). Na sua composição encontram-se diversos óxidos de Ca, Mg, Si, Fe e Mn, cujas quantidades e concentrações são decorrentes da constituição química da matéria-prima (minério de ferro, carvão, calcário ou cal) utilizada no processo de fabricação do produto, além do tipo de refratário usado na parede do forno (Prado et al., 2001). O teor de Si total das escórias no Brasil varia conforme o tipo, sendo que a escória proveniente de aciaria apresenta entre 12 a 22 dag kg-1, enquanto a escória de alto-forno, entre 36 a 42 dag kg-1 (Piau, 1995)

Estudos com escórias aplicadas ao solo têm demonstrado aumento de pH e redução do H+Al (Prado & Fernandes, 2000, 2003), em razão da presença de agente neutralizante da acidez como o SiO3-2 (Alcarde, 1992), incrementos na disponibilidade de P (Prado et al., 2002), Ca, Mg (Prado & Fernandes, 2000, 2003) e Si no solo (Anderson et al., 1987; Winslow, 1992), o que, para culturas acumuladoras de Si como o arroz e a cana-de-açúcar (Korndörfer & Datnoff, 1995), tem refletido em tolerância a doenças e aumentos de produtividade.

O aumento nos teores de Ca e Mg no solo em razão da utilização da escória pode apresentar efeito positivo no desenvolvimento de raízes, especialmente em relação ao Ca, uma vez que são bem conhecidos os efeitos positivos deste elemento no crescimento radicular (Caires et al., 2001).

O objetivo deste trabalho foi avaliar o efeito de escórias de siderurgia nos atributos químicos do solo, no desenvolvimento e na produtividade de grãos do arroz de terras altas irrigado por aspersão.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.