Integralidade, formação de saúde, educação em saúde e as propostas do SUS



  1. Resumo
  2. Introdução
  3. A integralidade como princípio articulador no sistema único de saúde
  4. A integralidade no agir em saúde
  5. A integralidade como eixo norteador das ações de educação em saúde
  6. Reflexões finais
  7. Referências

Uma revisão conceitual

RESUMO

Entendemos a integralidade no cuidado de pessoas, grupos e coletividade tendo o usuário como sujeito histórico, social e político, articulado ao seu contexto familiar, ao meio ambiente e a sociedade na qual se insere. Neste cenário se evidencia a importância das ações de educação em saúde como estratégia integradora de um saber coletivo que traduza no indivíduo sua autonomia e emancipação. Com base nesta compreensão o estudo busca refletir acerca do princípio da integralidade como eixo norteador das ações de educação em saúde. A educação em saúde como processo político pedagógico requer o desenvolvimento de um pensar crítico e reflexivo, permitindo desvelar a realidade e propor ações transformadoras, enquanto sujeito histórico e social capaz de propor e opinar nas decisões de saúde para o cuidar de si, de sua família e da coletividade.

Palavras-chave: Integralidade, Educação em saúde, Promoção da saúde

Integrality, health professional education, health education and sus proposals - a conceptual review

ABSTRACT

We understand the integrality in people's care, groups and collectivity having the client as a historical, social and political subject, integrated to his family context, to the environment and the society in which he is inserted. In this scenery the importance of education actions in health is highlighted as an integrating strategy of a collective knowledge that translates in the individual his autonomy and emancipation. Based on this comprehension the study aims to reflect on the principle of the integrality as an axis director of the education actions in health. The education in health as a pedagogical and political process requests the development of a critical and reflexive thinking, allowing to reveal the reality and to propose transforming actions, while historical and social subject able to propose and to give opinions in the decisions of health for his own care, of his family and of the collectivity.

Key words: Integrality, Education in health, Health promotion

Introdução

A inexistência de uma definição de fato sobre o que seria a tal "integralidade" é, ao mesmo tempo, uma fragilidade e uma potencialidade. Podemos dizer que a integralidade não é apenas uma diretriz do Sistema Único de Saúde (SUS) definida constitucionalmente. Ela é uma "bandeira de luta", parte de uma "imagem objetiva" num enunciado de certas características do sistema de saúde, de suas instituições e de suas práticas que são consideradas, por alguns, desejáveis 1. Ainda destaca-se a imagem subjetiva como elemento balizador no sistema de saúde atrelado ao ideário do desejo, repleto de sentimento, de emoção e de motivação para uma construção coletiva na defesa da saúde.

A integralidade é um conceito que permite uma identificação dos sujeitos como totalidades, ainda que não sejam alcançáveis em sua plenitude, considerando todas as dimensões possíveis que se pode intervir, pelo acesso permitido por eles próprios 2.

O atendimento integral extrapola a estrutura organizacional hierarquizada e regionalizada da assistência de saúde, se prolonga pela qualidade real da atenção individual e coletiva assegurada aos usuários do sistema de saúde, requisita o compromisso com o contínuo aprendizado e com a prática multiprofissional.

Entendemos a integralidade no cuidado de pessoas, grupos e coletividade percebendo o usuário como sujeito histórico, social e político, articulado ao seu contexto familiar, ao meio ambiente e à sociedade na qual se insere. Neste cenário se evidencia a importância de articular as ações de educação em saúde como elemento produtor de um saber coletivo que traduz no indivíduo sua autonomia e emancipação para o cuidar de si, da família e do seu entorno. Com base nesta compreensão, o estudo busca refletir acerca do princípio da integralidade como eixo norteador das ações de educação em saúde.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.