Alguns aspectos da embalagem e a necessidade de integração do marketing com outras áreas da organização

Enviado por Reinaldo Toso Júnior


  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Objetivo
  4. Desenvolvimento
  5. Conclusão
  6. Referências Bibliográficas

Resumo

A embalagem é uma ferramenta de marketing e o conceito de embalagem varia conforme o enfoque de cada área da organização. A transferência do poder do fabricante para o varejo transformou a embalagem em um elemento para a decisão de compra no consumo, por isso além da conservação de suas funções de proteção e conservação a embalagem necessita de uma abordagem multidisciplinar para o seu desenvolvimento e funcionabilidade. A evolução das embalagens permitiu a aplicação de filmes plásticos flexíveis e transparentes que expõem e conservam o produto ao mesmo tempo, este processo leva á criação de valor por meio de uma orientação para o "design", utilizando as tecnologias disponíveis, observando os usuários, verificando oportunidades de inovação, efetuar testes com protótipos envolvendo os consumidores e implementar as inovações, por isso há a necessidade de integrar a embalagem ao planejamento estratégico na empresa.

Palavras-chave: embalagem, marketing, logística.

Abstract

The packing is a marketing tool and the packing concept"s varies according to the approach of each area of the organization. The transference of market power from manufacturer to retail transformed the packing into an element of purchase decision in consumption, therefore beyond the conservation of its functions of protection and conservation the packing needs an multidiscipline approaching in development and utility. The evolution of  packing allowed the application of transparent and flexible plastic films that display and conserve the product at the same time, this process leads to the creation of value by means of an orientation for "design", using the available technologies, observing the users, verifying innovation chances, to effect tests with archetypes involving the consumers and to implement the innovations, therefore it has the necessity to integrate the packing to the strategical planning in the company.

Key-words: packing, marketing, logistic.

Introdução

A definição clássica de embalagem é proteger os produtos que elas contêm, conservando e contendo, facilitar o manuseio, armazenagem e o transporte, e em uma função mais recente (a partir principalmente da metade do século XX) promover o produto e estimular sua venda. Entretanto este enfoque é reduzido, a definição da embalagem varia e depende da área, do enfoque, do produto e da finalidade.

Alguns itens dispensam embalagens, como exemplo os veículos de carga e de passeio, já os demais itens normalmente usam embalagens, mas esta não é uma regra geral, mesmo veículos pesados podem necessitar de uma embalagem para exportação (figura 1).

Como exemplo do enfoque pode-se citar o produto embalado em plástico rígido transparente moldado a vácuo e próprio para exposição em prateleiras de supermercados (figura 2), onde possuí dupla função: expor e proteger, mas por conter cartelas ou bordas com letras grandes e cores para chamar a atenção do consumidor ocupa muito espaço ao ser armazenado sendo menos eficiente do que as embalagens que se prestam apenas á estocagem (figura 3).

O marketing, portanto deve analisar a embalagem sob os mais diversos enfoques, pois esta é uma ferramenta importante de marketing e se for muito bem desenvolvida pode gerar valor adicional ao cliente e para o fabricante (KOTLER, 1998).

Objetivo

Analisar alguns dos muitos aspectos da embalagem e sua interação com o marketing em uma abordagem multidisciplinar.

Desenvolvimento

Segundo Kotler (1998) vários fatores vem aumentando a utilidade da embalagem como ferramenta de marketing, os fatores são:

-No auto-serviço: deve atrair atenção do consumidor, descrever as características, criar confiança e produzir visão global favorável, para que o consumidor escolha o produto e não o outro ao lado. Neste item Gurgel (2001) também acrescenta que a embalagem junto com a promoção do produto irá fazer o papel da venda quando não há balconista.

-Afluência dos consumidores: a conveniência, aparência, confiabilidade e prestígio de melhores embalagens justificam um preço maior.

No Brasil um exemplo interessante que pode ser citado é o caso dos Panetones, vendidos em caixas (o cartucho de cartão) e também vendidos em latas de aço estampadas (decoradas), o produto é o mesmo, mas como a embalagem de lata é mais bem elaborada com estampas coloridas e confere maior prestígio ao produto, é aceitável que este panetone seja vendido por um preço maior.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.