Religião e colonização: uma abordagem histórica

 

Analisar a participação do elemento religioso na divulgactío e construção de um imaginário edenico das terras do oeste do Paraná em comunidades ítala e teutas dos Estados do Rio Grande do Su1 e Santa Catariaa, é o objetivo deste artigo que utiliza fontes primarias como propagandas de temas, entrevistas orais e livros que compõe o acervo historiográfico da regiáo oeste do Paraná. PALAVRAS-CHAVE: Colonização, Imaginário social. Discurso.

O grande fluxo imigratório ocorrido no oeste do Paraná a partir das decadas de 1940 e 1950, contou com a observação de um plano de colonização programando a vinda do migrante e disponibilizando urna infra-estrutura básica para o desenvolvimento sócio-econamíco da região. Dentre os recursos utilizados como atrativos na divulação das terras do oeste, sobressai a recorrência ao elemmto religioso corno pariicipante da construção de um imaginário onde a região pasa a ser identificada como a Terra Prometida ou a Canaã brasileira, numa refegncia a Canaã Judaica do profeta Moisés. A fim de perceber o significado e alcance desses discursos, é necessário identificar alguns elementos constitutivos que envolvem o ato discursivo. A legitimidade de um discurso não se explica per si, ou seja, o poder não está nas palavras. Sejam elas líricas, rústicas ou simples, a força de efeito ou persuasão está condicionada ao capital simbólico que elas representam.

 



(Ver trabalho completo)

 

Frank Antonio Mezzomo
frankmezzomo[arroba]gmail.com

 
As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.