Um Estudo sobre Organizações Virtuais



Partes: 1, 2, 3

1. Resumo

As organizações virtuais surgiram como uma resposta à competitividade e volatilidade do mercado. Elas se formam a partir de uma oportunidade ou necessidade imposta pelo mercado, estabelecendo a cooperação e utilizam o suporte da Tecnologia da Informação. Quando o objetivo for atingido a organização virtual se dissolve ou rearranja. Este trabalho visa reunir conceitos sobre as organizações virtuais relevantes ao estudo e à pesquisa dessa forma emergente de organização.

Palavras-chave: organização virtual; empresa virtual; tecnologia da informação.

2. Introdução

A cada dia que passa, o mercado fica mais competitivo e volátil. A globalização da economia e as rápidas e profundas alterações que vêm ocorrendo no mundo de hoje, principalmente por causa da Internet, são as grandes causadoras desse estado atual.

As organizações que estão inseridas nesse mercado, e que desejam permanecer assim, devem buscar uma alternativa para manterem-se competitivas conseguindo atender às suas novas condições, ou seja, conseguindo entregar um bem ou serviço de forma mais rápida, com custo menor e com produtos cada vez mais personalizados em qualquer lugar.

Para conseguir suprir às novas demandas, as organizações, observando o contexto de globalização, sociedade da informação e tecnologia da comunicação, no qual estão imersas, tentam encontrar uma opção que implemente as mudanças necessárias para essa competição.

Essas mudanças, que devem acontecer ao nível estrutural e comportamental, poderiam ser vistas e implantadas como arranjos inter-organizacionais, estabelecidos através da cooperação. Com isso, as estruturas organizacionais tornariam-se cada vez mais distribuídas.

O uso da Tecnologia da Informação permitiria que as cooperações estabelecidas entre as empresas possa ter uma dimensão global, o que superaria os limites de tempo e distância entre as corporações parceiras, ou entre a corporação e o cliente.

Através do compartilhamento de recursos, tecnologia, informação e mercado, atingido com o estabelecimento de uma cooperação por meio da Tecnologia da Informação, as empresas conseguiriam obter a rapidez e a flexibilidade requeridas pelo mercado, viabilizando competir nas novas oportunidades a partir desses novos arranjos.

Neste contexto se encaixam as organizações virtuais, que são uma nova forma de estrutura empresarial que possibilita o estabelecimento de cooperação entre as empresas, com o suporte da Tecnologia da Informação, de forma dinâmica e à medida da necessidade. As organizações colaboram com as suas maiores e melhores competências e se comunicam eletronicamente como uma maneira estratégica de aumentar a competitividade e abrangência.

3. Motivação e Objetivo

A proposta de organizações virtuais ainda se encontra na sua fase inicial, apresentando movimentos da comunidade científica nessa direção, porém ainda não se pode afirmar que ela já faz parte da realidade empresarial. Há uma forte tendência de, nos próximos anos, esses tipos de corporações se concretizarem e se multiplicarem, pois são uma conseqüência lógica da descentralização organizacional e do desenvolvimento (em rede) tecnológico da informação.

Tendo em vista essa tendência, sente-se a necessidade de realizar um estudo sobre esse assunto, onde serão apresentados:

  • características e conceitos sobre organizações virtuais;
  • ciclo de vida desse tipo de organização, que envolve a procura de parceiros, a formação da empresa, operação e dissolução e/ou reconfiguração [ZIM97];
  • benefícios e problemas que as corporações virtuais podem trazer;
  • impacto causado tanto nas organizações, como na sociedade e economia globais;
  • papel da tecnologia da informação, principalmente no que diz respeito à infra-estrutura suporte para as organizações virtuais. Uma infra-estrutura, tal como a Web, facilitaria a comunicação entre e dentro de organizações virtuais, permitindo o desenvolvimento de organizações virtuais amplamente dispersas [ERK96, LEA97].

Neste trabalho, será apresentado este estudo a partir de um levantamento do referencial bibliográfico e de pesquisas efetuadas na Internet.

Partes: 1, 2, 3

Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.