Gestão de Caixa: Implantação de modelo para gestão da conta corrente e envio de aporte



  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Problema de pequisa
  4. Referencial teórico
  5. Metodologia
  6. Apresentação e análise dos resultados
  7. Ferramentas de fluxo de caixa disponiveis na literatura financeira
  8. Mudanças organizacionais para o sucesso da implementação das ferramentas
  9. Conclusão
  10. Referências

Trabalho de Conclusão do Curso apresentado como requisito de avaliação do curso de Administração de Empresas do Centro Universitário UNA para Obtenção do título de bacharel.

EPÍGRAFE

"O sábio não se senta para lamentar-se, mas se põe alegremente em sua tarefa de consertar o dano feito."

William Shakespeare

Resumo

Administrar ativos de alta liquidez é dos grandes desafios encontrados pelos administradores financeiros, estes ativos geralmente são utilizados para pagamento de despesas e estão concentrados no ativo circulante do balaço patrimonial. Utilizados para pagamento de despesas para que a operação mantenha o funcionamento normal, muitas vezes esse capital fica disponível em conta corrente nos bancos e não gera valor para a empresa nos momentos em que não está sendo movimentado, sendo na maioria das vezes alvo de cobrança de taxas bancárias. Em projetos, o ativo encontrado em conta corrente tem papel fundamental, uma vez que, não deve ser utilizado precipitadamente ou muito menos estar disponível em grande quantidade para execução.

O objetivo deste trabalho é propor um modelo que possa contribuir na utilização dos recursos disponíveis de acordo com o orçamento empresarial, impedindo que o projeto corra risco que possa afetar a atividade. E ao mesmo tempo, proporcionar ao capital que não está sendo utilizada uma forma de investimento que o proteja da inflação, taxas de conversão, gastos indevidos e outros fatores que possam impedir que o recurso esteja disponível no momento certo na conta corrente e simultaneamente esta forma de investimento seja de alta liquidez, cujo permite a retirada imediata do valor necessário para atendimento da necessidade da empresa. Além disso, o trabalho proporciona a criação de novos mecanismos que ajudam no controle da atividade financeira da empresa, permitindo que a conta caixa possa ser estudada e controlada de maneira a evitar surpresas no decorrer do projeto.

Palavras-chave: Gestão de Caixa, Modelo de Miller-Orr, Aporte de Capital.

Introdução

APRESENTAÇÃO DO TEMA

O tema Gestão de Caixa, Implantação de modelo para gestão da conta corrente e envio de aporte, foi definido como base para elaboração e desenvolvimento deste trabalho. A conta caixa juntamente com a conta depósito representa as disponibilidades de qualquer empresa, independente do tamanho e valor que constitui nesta conta. A existência desta conta está atrelada ao fato de que as organizações necessitem de recursos de alta liquidez para realizar seus compromissos de curto e médio prazo, por exemplo, pagamento de despesas emergenciais.

Uma organização com controle rigoroso da conta caixa consegue dispor de uma harmonia entre as disponibilidades e o tempo de realização das despesas, fazendo com que a programação efetuada anteriormente possa ser cumprida, evitando ao mesmo tempo, a existência de desequilíbrios financeiros na conta caixa, que possam criar a necessidade de fontes de financiamentos que comprometam a estrutura financeira da organização.

Muitos gestores não conhecem a importância que a conta caixa representa na vida financeira das empresas, e na maioria das vezes a criar barreiras às organizações estão assumindo a possibilidade de melhor administrar o seu capital. Uma vez implantada a ferramenta, os benefícios poderão surgir de forma imediata e contribuir diretamente para a saúde financeira da organização.

CARACTERIZAÇÃO DA EMPRESA

Devido à grande competitividade global, necessidade de descoberta de novos negócios e projetos, a busca pela excelência e expansão global, a Companhia Vale do Rio Doce - Vale percebe a necessidade de uma revisão dos padrões financeiros aplicados atualmente, para continuar expandindo seus projetos em diversos países pelo mundo.

A Vale nasceu em 1942, criada pelo governo brasileiro como Companhia Vale do Rio Doce. Em 1997, tornou-se uma empresa privada. Hoje a Vale é uma empresa global com sede no Brasil com mais de 100 mil empregados, entre próprios e terceiros. Atualmente, a Vale está inserida em 28 países e possui projetos de exploração em 22 países, dentre eles o Brasil.

Suas principais atividades são produzir e comercializar minério de ferro, pelotas, níquel, concentrado de cobre, carvão, bauxita, alumina, alumínio, potássio, caulim, manganês e ferroligas, além da atuação em atividades de transportes marítimos e ferroviários.


Página seguinte 


As opiniões expressas em todos os documentos publicados aqui neste site são de responsabilidade exclusiva dos autores e não de Monografias.com. O objetivo de Monografias.com é disponibilizar o conhecimento para toda a sua comunidade. É de responsabilidade de cada leitor o eventual uso que venha a fazer desta informação. Em qualquer caso é obrigatória a citação bibliográfica completa, incluindo o autor e o site Monografias.com.